30.5 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, setembro 30, 2020
- Publicidade -

Dólar fecha em R$ 4,24 e bate recorde, mesmo com intervenções do BC

- Publicidade -
- Publicidade -

Em mais um dia de turbulências no mercado financeiro, com intervenções do Banco Central (BC), a moeda norte-americana voltou a repetir o recorde na cotação. O dólar comercial encerrou esta terça-feira (26) vendido a R$ 4,239, com alta de R$ 0,025 (0,59%). Essa é a maior cotação de fechamento desde a criação do real em valores nominais, sem considerar a inflação.

O mercado de câmbio teve um dia tenso. Durante o dia, o dólar encostou em R$ 4,28, o que levou o BC a fazer dois leilões de venda direta de dólares das reservas internacionais. A autoridade monetária não divulgou o quanto foi vendido, apenas que cada leilão envolvia a venda de pelo menos US$ 1 bilhão.

Com o resultado de hoje, o dólar acumula alta de 5,75% em novembro. Nas últimas semanas, o dólar tem subido em meio a tensões políticas no Brasil e a continuidade das tensões comerciais entre Estados Unidos e China.

Ibovespa

No mercado de ações, o dia foi marcado por perdas. O índice Ibovespa, da B3, fechou esta terça-feira (26) aos 107.169 pontos, com queda de 1,16%. O indicador caiu pelo segundo dia consecutivo

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Degase passa a fazer parte da Segurança Pública do Rio de Janeiro

O Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) será incluída no rol dos órgãos da Segurança Pública, ao lado das polícias Civil, Militar e Penitenciária e do Corpo de Bombeiros.

SBT transmite Flamengo x Del Valle

A reta final da primeira fase se aproxima e cada jogo fica ainda mais decisivo no principal torneio do...

Reforços do Vasco: Valencia fica próximo, clube negocia com Alex Teixeira e monitora Giuliano

O Vasco da Gama está a todo o vapor no mercado da bola em busca de reforços e peças importantes podem pintar na Colina História de São Januário nos próximos dias: Antonio Valencia, jefferson Montero, Nicolás Hernandez, Alex Teixeira e Felipe Vizeu estão na pauta vascaína

TIM oferece novas oportunidades a universitários negros durante conferência do Movimento Afro Presença

Idealizado e coordenado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e realizado pelo Pacto Global da Organização das Nações Unidas, o encontro busca promover a inclusão de universitários afro-brasileiros no mercado de trabalho. 
- Publicidade -