30.5 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, setembro 30, 2020
- Publicidade -

Trump afirma que líder do Estado Islâmico foi morto

- Publicidade -
- Publicidade -

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou em entrevista coletiva hoje (27) que o líder do Estado Islâmico (Isis), Abu Bakr Al-Bhagdadi, foi morto ontem (26). Ele foi emboscado por uma operação do governo do país no noroeste da Síria.

“Ele foi o fundador do Isis, a mais impiedosa e violenta organização do mundo. Os EUA estavam procurando Bhagdadi por muitos anos. Capturar ou matar Bhagdadi se tornou a prioridade em segurança nacional da minha administração”, declarou Trump.

O governante estadunidense relatou que o líder da organização terrorista tentou escapar mas entrou em um túnel sem saída. Diante da situação, ele teria matado três crianças e depois se suicidado. Outras 11 crianças teriam sido retiradas sem ferimentos do local onde o líder do Isis foi encontrado, acrescentou Trump.

O presidente informou que nenhum agente envolvido na operação conduzida pelas forças de segurança estadunidenses foi morto. Já “uma grande quantidade de lutadores de Bhagdadi” morreu junto com o líder do Isis.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Degase passa a fazer parte da Segurança Pública do Rio de Janeiro

O Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) será incluída no rol dos órgãos da Segurança Pública, ao lado das polícias Civil, Militar e Penitenciária e do Corpo de Bombeiros.

SBT transmite Flamengo x Del Valle

A reta final da primeira fase se aproxima e cada jogo fica ainda mais decisivo no principal torneio do...

Reforços do Vasco: Valencia fica próximo, clube negocia com Alex Teixeira e monitora Giuliano

O Vasco da Gama está a todo o vapor no mercado da bola em busca de reforços e peças importantes podem pintar na Colina História de São Januário nos próximos dias: Antonio Valencia, jefferson Montero, Nicolás Hernandez, Alex Teixeira e Felipe Vizeu estão na pauta vascaína

TIM oferece novas oportunidades a universitários negros durante conferência do Movimento Afro Presença

Idealizado e coordenado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e realizado pelo Pacto Global da Organização das Nações Unidas, o encontro busca promover a inclusão de universitários afro-brasileiros no mercado de trabalho. 
- Publicidade -