24 C
Rio de Janeiro
terça-feira, setembro 29, 2020
- Publicidade -

Verão 90: Cidade cenográfica retrata a Zona Sul do Rio de Janeiro com a atmosfera dos anos 1990

- Publicidade -
- Publicidade -

Transportar o público para o clima de descontração dos anos 1990, no Rio de Janeiro, através de lugares que marcaram aquela época. Assim, a dupla de cenógrafos José Claudio e Eliane Heringer define o conceito da cidade cenográfica de ‘Verão 90’ construída nos Estúdios Globo.

“Estamos fazendo uma homenagem à esquina mais famosa do Baixo Leblon nos anos 1990, com seus bares, lanchonetes, lojas e as diversas galerias comerciais de Ipanema e Leblon que ditavam um estilo para o Rio e para o Brasil”, explica José Claudio.

Alguns bares e restaurantes inspirados nos ícones do Baixo Leblon daquela década e muitas outras referências estão presentes na cidade cenográfica. Lá, eles foram batizados com os nomes de Pizzaria Rio de Janeiro, restaurante Real Astral, Hexagonal e ZZ Lanches, entre outros. A boate Dr.Spock e a Galeria 405 também são pontos de encontro de vários personagens. “Temos a galeria que é um centro comercial com 19 lojas nos moldes das existentes nos bairros, na época. Muitos desses locais, inclusive, existem ainda hoje”, ressaltam.

Além de Ipanema e Leblon, tradicionais bairros da Zona Sul do Rio de Janeiro, há ainda uma outra cidade cenográfica onde foi construído o prédio inspirado no Conjunto Habitacional Marquês de São Vicente, que fica no bairro da Gávea, e que serve de cenário para vários personagens como a família de Janice (Claudia Ohana), os irmãos Dandara (Dandara Mariana) e Patrick (Klebber Toledo), entre outros. “O maior desafio é reproduzir um passado recente que ainda está muito na lembrança das pessoas. Como não estamos reproduzindo um ano específico e sim um período de uma década, isso nos dá um pouco mais de flexibilidade”, conta Eliane.

- Publicidade -

Para os cenários de estúdio, que são os interiores das casas, a ideia é utilizar materiais, estampas, revestimentos, móveis e objetos que eram corriqueiros na época e, que hoje, já estão em desuso, como a moda de manter na sala um pequeno bar com direito a taças penduradas. “Garimpamos muitos objetos em brechós e temos uma lembrança viva daquela época, que não é tão distante, mas que mudou muito em termos de tendência”, lembra Eliane, responsável pela cenografia de interiores da novela. O produtor de arte Luiz Pereira também recorreu ao acervo da Globo, além de brechós e colecionadores para reunir objetos de cena que hoje não são mais tão comuns.

Há 35 anos na Globo, a dupla José Claudio e Eliane Heringer mantém uma parceria de longa data com o diretor Jorge Fernando. Juntos fizeram, nos anos 1990, as novelas ‘Rainha da Sucata’, ‘Vamp’, ‘Vira Lata’ e ‘A Próxima Vítima’. “É muito bacana essa oportunidade de trabalhar numa novela da década de 1990 em que algumas das referências são nossos próprios projetos, novelas antigas e que fizemos juntos com o Jorge”, celebram.

De Izabel de Oliveira e Paula Amaral, a próxima novela das sete, ‘Verão 90’, tem colaboração de Daisy Chaves, Isabel Muniz e João Brandão, direção artística de Jorge Fernando, direção geral de Jorge Fernando e Marcelo Zambelli e direção de Ana Paula Guimarães e Diego Morais. A novela estreia no dia 29 de janeiro. 

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

- Publicidade -