24.3 C
Rio de Janeiro
terça-feira, setembro 29, 2020
- Publicidade -

Preço da gasolina nas refinarias da Petrobras sobe 1,02%

- Publicidade -
- Publicidade -

Depois de uma semana sem reajustes no preço da gasolina, a Petrobras anunciou hoje (12) aumento de 1,02% no preço do combustível comercializado em suas refinarias.

A partir de amanhã (13), o litro da gasolina passará a custar R$ 2,2294, dois centavos a mais do que os R$ 2,2069 cobrados desde 5 de setembro.

A partir de amanhã, litro da gasolina custará R$ 2,2294 nas refinarias, dois centavos a mais do que os R$ 2,2069 cobrados desde 5 de setembro (Arquivo/Rovena Rosa/Agência Brasil)
A partir de amanhã, litro da gasolina custará R$ 2,2294 nas refinarias, dois centavos a mais do que os R$ 2,2069 cobrados desde 5 de setembro (Arquivo/Rovena Rosa/Agência Brasil)

No mês, o litro do combustível já subiu nove centavos, ou seja, 4,3% a mais do que custava no fim de agosto (R$ 2,1375).

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Impeachment de Wilson Witzel: Alerj elege deputados para tribunal misto

Os parlamentares se juntarão aos cinco desembargadores escolhidos pelo TJRJ por sorteio.

Eleições 2020: Luiz Lima quer novos eventos esportivos para impulsionar o turismo no Rio

Para o candidato do PSL à prefeitura da capital fluminense, fato da cidade ser olímpica pode ajudar na adoção de medidas públicas para o setor

Shoppings em São Gonçalo arrecadam brinquedos para o Dia das Crianças

Itens em bom estado de conservação serão doados para comunidades do município

Câmara aprova lei que cria Pólo Gastronômico e Cultural da Praça Seca

Segundo o texto, serão permitidas a instalação de barracas no entorno da praça, com o objetivo de incentivar o desenvolvimento cultural, e também a utilização do Coreto da Praça Seca, a fim de promover a arte e a cultura local.

Futebol: Senado aprova suspensão de pagamento de dívidas dos clubes

Com 72 votos a favor e um contrário, o projeto que suspende o pagamento das parcelas de dívidas no âmbito do Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut) durante a pandemia de covid-19 foi aprovado pelo Senado nesta terça-feira (29). Como sofreu modificações, o texto retorna para a Câmara dos Deputados.
- Publicidade -