25 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, outubro 19, 2020
- Publicidade -

Covid-19: risco sobe de baixo para moderado no Norte Fluminense

- Publicidade -
- Publicidade -

O Norte Fluminense foi a única região do estado do Rio de Janeiro a ter a avaliação de risco elevada de Bandeira Amarela (baixo) para Bandeira Laranja (moderado) no Mapa de Risco da Covid-19 divulgado hoje (17) pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19. As outras oito regiões do estado apresentam Bandeira Amarela.

Segundo a secretaria, a avaliação de risco moderado para o Norte Fluminense se deu por causa do aumento do número de óbitos, apesar da queda do número de casos. O Norte Fluminense concentra 5,5% da população do estado e reúne municípios como Campos dos Goytacazes e Macaé.

- Publicidade -

O último Mapa de Risco foi divulgado em 3 de setembro, e apontava sete regiões com Bandeira Amarela, entre elas o Norte Fluminense. No início do mês, o risco era considerado moderado para a Baía da Ilha Grande e o Noroeste Fluminense, que tiveram redução significativa em seus números de casos e óbitos na avaliação de hoje.

Piora na Região Metropolitana

Apesar de as regiões Metropolitanas I e II ainda apresentarem baixo risco (Bandeira Amarela), o mapa divulgado hoje foi o primeiro a informar aumento das internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no município do Rio de Janeiro. Além disso, não foi registrada queda sustentada nos números de casos e óbitos nas duas áreas da região Metropolitana, destacou o chefe do gabinete da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Danilo Klein, que afirmou que a capital e arredores agora estão no limite de ter seu risco elevado para a Bandeira Laranja.  

- Publicidade -

“Desde o pico da pandemia, nas duas primeiras semanas de maio, vínhamos com quedas de internações por coronavírus sustentadas. É a primeira vez em que há aumento do número de internações na capital. Nas regiões Metropolitanas I e II, pela primeira vez não está havendo queda sustentada no número de internações e de óbitos”, disse.

A nota técnica que acompanha o mapa de risco  informa que “a capital apresentou um aumento de 43 internações na semana epidemiológica (SE) 35 [de 23 de agosto a 29 de agosto], comparada a SE 33 [de 9 de agosto a 15 de agosto], registrando pela primeira vez um aumento no número de internações. Outro fator importante que exige atenção na Capital é a desmobilização dos leitos covid, que impactam também na taxa de ocupação”.

Segundo o Mapa de Risco, o número de óbitos em todo o estado apresentou queda de 10,68% ante a segunda semana de agosto, enquanto o número de casos caiu 10,38%. “Estes indicadores, associados à taxa de ocupação dos leitos, mantém a classificação do Estado do Rio na Bandeira Amarela, de risco baixo”, avalia a secretaria.

111 vítimas

O boletim divulgado hoje pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES) mostra que 111 mortes foram confirmadas no estado, elevando o total de óbitos para 17.453. Segundo com a SES, há ainda 386 mortes em investigação.

O número de casos acumulado desde março chegou a 246.843, com o acréscimo de mais 651 casos no balanço de hoje. Há 4.080 pacientes com covid-19 em acompanhamento e 224.977 são considerados recuperados.  

O município do Rio de Janeiro soma 97.339 casos, dentre os quais 10.391 pessoas foram a óbito. 

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Vasco da Gama: Ricardo Sá Pinto comanda primeiro treino em São Januário

Outra novidade no treinamento cruzmaltino em São Januário foi a presença do meio-campista Leonardo Gil.

Covid cai para níveis de maio no Brasil, mas OMS alerta mundo para “segunda onda”

As informações consolidadas da semana que se encerrou no último dia 17,...

Bolsonaro se mantém contra valor de R $ 600 para o auxílio: “É muito para o Brasil”

Em novas manifestações sobre a demanda para se estender o auxílio emergencial de...

HBO divulga trailer da segunda temporada de ‘His Dark Materials’ que estreia em novembro

A HBO apresenta o trailer da segunda temporada de HIS DARK MATERIALS, que estreia no dia 6 de novembro na HBO e na HBO GO e acompanha a...

TV Cultura leva ao ar o especial Poesia na Quarentena

Sem palcos e plateia, a produção artística teve que se reinventar na pandemia. O especial Poesia na Quarentena vem para relatar o...

Morre no Rio, aos 104 anos, o policial mais antigo da Polícia Militar

Morreu em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, neste domingo (18), aos 104 anos, o tenente-coronel João Freire Jucá Sobrinho, da Polícia Militar do antigo estado da Guanabara, quando o Rio ainda era capital da República. Ele era o policial mais antigo da instituição.

OSB dá continuidade à temporada virtual com mais um concerto da Série Clássica Brasileira, dia 22 de outubro

Programa tem obra inédita do brasileiro Antônio Ribeiro, além de peças de Jeremiah Clarke, Joseph Haydn, Heitor Villa-Lobos e Chiquinha Gonzaga

Quadras das escolas de samba do Rio de Janeiro podem voltar a funcionar esta semana.

Após conseguir a liberação das rodas de samba junto à Prefeitura, o vereador Felipe Michel, ex-secretário de Eventos, intercedeu pelas escolas de samba, que estarão liberadas para funcionar já esta semana. O decreto deve ser publicado no Diário Oficial desta terça-feira, 20.

Polícia Civil prende acusado de estupro na Universidade Federal Rural

As investigações iniciaram após o registro da ocorrência. A equipe da 48ª DP realizou diligências para identificar e encontrar o suspeito.
- Publicidade -