Polícia investiga caso de estupro coletivo que aconteceu após um baile funk na favela do Cantagalo, em Ipanema, no Rio – Foto: Pousada Cantagalo

A Polícia Civil investiga um caso de estupro coletivo que aconteceu após um baile funk na favela do Cantagalo, em Ipanema, no Rio de Janeiro. Cinco jovens apontados como autores do estupro já foram identificados pela polícia. Dois deles são menores de idade.

O caso aconteceu no dia 26 de setembro, mas só foi registrado pela mãe da adolescente na última segunda-feira, 4, na 13ª DP (Ipanema) . Em depoimento para a Delegacia de Criança e Adolescente Vítima (DCAV), a menina relatou que após ingerir uma bebida alcóolica na festa perdeu os sentidos.

- Publicidade -

A adolescente, moradora do Cantagalo, foi encontrada desacordada por vizinhos na manhã seguinte, com sinais de fraqueza e violência sexual. Ela foi levada ao Hospital Miguel Couto, onde foi constatado o abuso sexual.