26.3 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, outubro 21, 2020
- Publicidade -

Audiência Pública discute destino do carnaval carioca em 2021

- Publicidade -
- Publicidade -
Audiência Pública sobre o futuro do carnaval carioca – Reprodução/ Rio TV Câmara

O carnaval carioca foi debatido hoje, 18, em audiência pública transmitida pela Rio TV Câmara, com a presença dos vereadores Tarcísio Motta, Dr. Marcos Paulo e Marcelo Siciliano, integrantes da comissão da cultura, além de integrantes das ligas de carnaval carioca e da Riotur. Foram levantadas questões sobre os desfiles e blocos de rua sair ou não em fevereiro e também sobre a falta de respostas da Riotur.

Como presidente da audiência, o vereador Tarcísio Motta iniciou debate público perguntando se há um posicionamento da Riotur, da Liesa, Lierj e de todas as outras ligas de carnaval de rua acerca do carnaval 2021. Em uninanimidade os representantes dos blocos de rua e das escolas de samba disseram não ser possível ter carnaval sem vacina e sem uma proteção às pessoas que participam dessa festa. Porém precisam de uma resposta concreta da Riotur e da prefeitura. “A Lierj está preocupada com seu povo que é quem faz a fantasia, o passista; e lembrar que esses ainda não receberam o auxílio da Lei Aldir Blanc. Nós não estamos pensando em desfile agora, nossa prioridade é pensar naqueles que fazem o carnaval e que estão passando fome”, expressou Bruno Teté, diretor social da Lierj.

- Publicidade -

O carnavalesco Milton Cunha e a representante da Sebastiana, Rita Fernandes lembraram que o que estava sendo debatido era a realização ou não do carnaval considerado oficial. “O carnaval não precisa de marcação porque ele é uma realização espontânea, agora existe esse carnaval que é organizado e que vende ingresso, é desse que estamos falando”, afirmou Milton Cunha. Para Moacyr Barreto, integrante da diretoria da Mangueira é inviável ter carnaval, não somente pela pandemia, mas também porque as escolas de samba estão sem dinheiro. “Eu não vou me responsabilizar pela fala de alguns que dizem não ter pandemia e ser a favor de ter carnaval. Tem vereador que fala ‘vamos voltar as aulas’, mas porque eles não propõem que todas as sessões sejam presenciais?”, questionou Moacyr.

Segundo o diretor operacional da RioTur, Marcelo Veríssimo, estão aguardando um posicionamento da Liesa, para que se avance nas questões de plano emergencial para o carnaval 2021. Aguardo esse, duramente criticado pelos integrantes das ligas e da sociedade pública presentes. “A RioTur precisa se mexer. Vocês não conseguiram apresentar nada de concreto hoje, a gente não pode deixar a banda passar. Vocês precisam elaborar alguma coisa para agora, para essas pessoas que estão passando fome, sem depender da Liesa”, expressou Tarcísio Motta.

- Publicidade -

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

De Olho no Voto, na TV Cultura, fala sobre saúde com foco nas eleições municipais

Com apresentação de Rodrigo Piscitelli, o De Olho no Voto desta sexta-feira (23/10), a partir das 20h40, irá abordar os desafios dos municípios na área...

Claro está com sinal aberto do Cinemax para a estreia de grandes sucessos do cinema

Grandes sucessos do cinema estão chegando à programação do Cinemax e clientes Claro podem aproveitar o sinal aberto do...

Horóscopo do dia 22 de outubro de 2020

Confira a previsão do horóscopo do dia 21 de outubro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.Confira a previsão do horóscopo do dia 21 de outubro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

‘Foodie Love’ estreia em novembro na HBO

Nova minissérie dramática espanhola, FOODIE LOVE, da HBO Europe, estreia no canal HBO e na HBO GO em 6...

Com Ryan Gosling, filme Blade Runner 2049 estreia no FX Brasil

O último domingo de outubro (25/10) tem gostinho de novidade no FX Brasil, pois o canal exibe pela primeira...
- Publicidade -