Doing a Product Placement Ad In Style with Beanies

When creating an online portfolio to showcase your brand, style, and persona, you need to ask yourself questions like: “What is the best photo...

How to Tell your Model to Pose on a Chair

When creating an online portfolio to showcase your brand, style, and persona, you need to ask yourself questions like: “What is the best photo...

5 Tips on Taking the Best Close-up Shots of Earrings

When creating an online portfolio to showcase your brand, style, and persona, you need to ask yourself questions like: “What is the best photo...
Equipe Cariocahttps://www.odiariocarioca.com/
Jornalistas, colaboradores produtores de conteúdo Multimídia e repórteres do jornal Diário Carioca.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Os caixões de vítimas da Covid-19 no Rio de Janeiro deverão ter visores para identificação dos rostos. Lei 8930/2020, proposta pela deputada estadual Rosane Felix (PSD) foi sancionada pelo governador Wilson Witzel (PSC) e publicada nesta quinta-feira (15/07) no Diário Oficial.

As concessionárias deverão envolver os corpos das vítimas em sacos translúcidos, para permitir a identificação. A lei também proíbe qualquer valor adicional ao preço dos sepultamentos.

Devido à pandemia do coronavírus, o Ministério da Saúde orientou que, durante o velório, o caixão deve permanecer fechado para prevenir a contaminação das pessoas pela Covid-19. “É uma lei que ameniza o sofrimento de familiares e amigos. Além da questão humanitária, contribui diretamente para impedir a troca de corpos nos sepultamentos”,  afirma deputada Rosane Felix.

Assinam a coautoria da Lei 8930/2020, Alana Passos (PSL), Anderson Alexandre (SDD), Thiago Pampolha (PDT), Capitão Paulo Teixeira (Republicanos), Renato Cozzolino (PP) e outros 27 deputados

- A word from our sposor -

No Rio de Janeiro, lei determina visores nos caixões de vítimas da Covid-19