24.3 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, setembro 30, 2020
- Publicidade -

‘Operação Mesquita’ mostra bastidores de musicais renomados nesta semana

- Publicidade -
- Publicidade -

Segunda: Otávio e Cláudia Raia em Chaplin (Divulgação/SBT)

Nesta segunda-feira, 27 de abril, Otávio começa o “Operação Mesquita” invadindo os bastidores do musical “Chaplin”, conhece o elenco e entrevista a produtora da peça, Cláudia Raia. 


O apresentador também confere a preparação de atores para o período de Halloween em um parque de diversões. Na terça-feira, 28 de abril, Mesquita registra os bastidores do musical “70 ? Década do Divino Maravilhoso”, entrevista a cantora Baby do Brasil e ‘As Frenéticas’. Ele também acompanha o treinamento de uma academia de Samurais e aprende um pouco sobre sua história. Já na quarta-feira, 29 de abril, Otávio conhece a produção do musical “O Fantasma da Ópera” e, vestido a caráter, entrevista produtores e elenco da peça. Mesquita também visita o Museu Penitenciário e confere desde obras de arte realizadas por detentos, até armas brancas confeccionadas dentro das cadeias.

O “Operação Mesquita” vai ao ar nas madrugadas de segunda a sexta, logo após o ‘The Noite com Danilo Gentili’, no SBT.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Câmara aprova lei que cria Pólo Gastronômico e Cultural da Praça Seca

Segundo o texto, serão permitidas a instalação de barracas no entorno da praça, com o objetivo de incentivar o desenvolvimento cultural, e também a utilização do Coreto da Praça Seca, a fim de promover a arte e a cultura local.

Futebol: Senado aprova suspensão de pagamento de dívidas dos clubes

Com 72 votos a favor e um contrário, o projeto que suspende o pagamento das parcelas de dívidas no âmbito do Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut) durante a pandemia de covid-19 foi aprovado pelo Senado nesta terça-feira (29). Como sofreu modificações, o texto retorna para a Câmara dos Deputados.
- Publicidade -