24.9 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, setembro 18, 2020
- Publicidade -

Filmes na TV Brasil de 25/04 a 03/05/2020

- Publicidade -
- Publicidade -

O Grande Xerife”


Sábado, 25 de abril, às 16h


[Reprise às 22h30 de quinta (30) e na madrugada de quinta para sexta, às 2h30]





Amácio Mazzaropi interpreta um viúvo, pai de Mariazinha. Ele é o morador mais antigo de Vila do Céu, onde vive cuidando da vida dos outros. Um dia, chega à cidade o bandido João Bigode, disfarçado de padre.





O bandido mata o xerife da Vila e põe um comparsa no lugar. A confusão está armada e só Mazzaropi pode fazer algo a respeito.





95 min. Ano de estreia: 1972. Gênero: comédia. Direção: Pio Zamuner. Elenco: Mazzaropi, Patricia Mayo, Paulo Bonelli, Tony Cardi, Augusto César Ribeiro. Classificação: 12 anos.








—–


Peixonauta, o Filme


Domingo, 26 de abril, às 14h





Peixonauta e seus amigos, Marina e Zico, deixam a segurança do Parque das Árvores Felizes em busca do Dr. Jardim e dos primos Pedro e Juca. Pela primeira vez, entram numa cidade grande, mas a encontram completamente vazia.





Após investigar, descobrem que as pessoas não desaparecem, mas encolheram. Agora, Peixonauta e sua turma precisam desvendar a causa para o encolhimento dos cidadãos e salvar a cidade.





Inédito. 77 min. Ano: 2018. País: Brasil. Gênero: aventura, animação. Direção: Celia Catunda, Rodrigo Eba.





—–


O Segredo dos Diamantes


Domingo, 26 de abril, às 16h


[Reprise às 22h30 de quarta (29) e na madrugada de quarta para quinta, às 2h30]





Ao descobrir sobre uma antiga lenda que descreve o paradeiro de diamantes perdidos, Angelo (Matheus Abreu), de 14 anos, parte em busca do tesouro para salvar a vida do pai. Ele e seus amigos Júlia (Rachel Pimentel) e Carlinhos (Alberto Gouvea) precisarão solucionar o mistério, além de enfrentar o vilão Silvério (Rui Rezende), que também buscará incansavelmente o tesouro.





Inédito. 86 min. Ano: 2014. País: Brasil. Gênero: aventura. Direção: Helvécio Ratton





—–


Casinha Pequenina”


Sábado, 2 de maio, às 16h





Considerado a obra-prima de Mazzaropi, o longa-metragem “Casinha Pequenina” traz um elenco de estrelas e marca a estreia de Tarcísio Meira no cinema. O filme tem o fim da escravidão como pano de fundo e mostra a luta dos abolicionistas contra os interesses dos senhores de engenho.





Ícone da sétima arte no país, Mazzaropi usou a figura do “Jeca” como personagem central em dezenas de produções nacionais.





95 min. Gênero: Comédia. Ano: 1963. Classificação Indicativa: 12 anos.





—–


Sobre Rodas


Domingo, 3 de maio, à 14h





Sobre Rodas” conta a história de Lucas (Cauã Martins), um jovem de 13 anos que retorna à escola após um acidente o deixar sem movimento nas pernas. Lá, ele conhece Laís (Lara Boldorini), também de 13.





Os dois decidem partir por estradas de terra no interior, em busca do pai que Laís nunca conheceu. Nesta aventura eles acabam conhecendo um ao outro.





Produzido pela Klaxon Cultura Audiovisual e Hora Mágica Filmes, “Sobre Rodas” foi eleito o Melhor filme pelo público no TIFF Kids (Canadá), melhor filme no Chicago International Children’s Film Festival (EUA) e Melhor Filme da Mostra Geração, no Festival do Rio.





Inédito. 72 min. Ano: 2019. País: Brasil. Gênero: drama, aventura. Direção: Mauro D’Addio.





—–


O Palhaço


Domingo, 3 de maio, às 16h





O circo itinerante de Valdemar (Paulo José) viaja de vila em vila pelo interior do Brasil. No picadeiro, Valdemar atua como o palhaço Puro Sangue, ao lado do filho, Benjamin (Selton Mello), que faz o palhaço Pangaré. 





Sem qualquer documento além da certidão de nascimento, Benjamin nunca conheceu vida fora do circo. Para ele, ser palhaço nunca foi uma opção, mas uma condição inevitável da vida.





Ao começar a questionar sua capacidade de fazer as pessoas rirem e incerto quanto a seu lugar no mundo, Benjamin decide se rebelar. Ele quer descobrir o que há além da tenda do circo, correr riscos, conhecer pessoas e agarrar oportunidades. Então, com o pretexto de encontrar um ventilador e um amor, o jovem põe o pé na estrada. Na aventura, porém, conhece várias pessoas que lhe mostram outras possibilidades e o lembram de um sonho antigo: um dia ter um fã.





Em seu segundo longa-metragem como diretor, Selton Mello aborda em “O Palhaço” a busca por identidade e autoconhecimento. E a necessidade de se abrir mão do velho para abraçar o novo.





Aclamado por crítica e público, o filme conquistou prêmios no Festival de Cinema de Paulínia (2011), Prêmio ABC de Cinematografia (2012), Grande Prêmio Brasileiro de Cinema (2012), Tiburon International Film Festival (2012), Chicago International Festival (2012), entre outros. Em 2015, foi eleito pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) um dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.





88min. Ano: 2011. País: Brasil. Gênero: Drama, comédia. Direção: Selton Mello. Roteiro: Selton Mello e Marcelo Vindicato.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

>

Últimas Notícias

Ney Matogrosso é tema de novo documentário, que estreia no Curta!

Reconhecido tanto por sua voz singular quanto por suas performances surpreendentes, o cantor Ney Matogrosso é tema de documentário inédito, que...

TV Aparecida: The Fevers e Angelo Máximo participam do programa de estreia do Padre Antonio Maria

As tardes de sábado da TV Aparecida ganham um grande reforço a partir do dia 19/09, às 15h. “Sábado com Maria”, com exibição...
- Publicidade -