24.3 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, setembro 30, 2020
- Publicidade -

Miá Mello desabafa sobre a maternidade: “A sobrecarga é muito mais em cima da mulher”

- Publicidade -
- Publicidade -

Crédito/Foto: Divulgação RedeTV!

Miá Mello é uma das convidadas de Daniela Albuquerque no programa Sensacional de hoje (2). Aos 39 anos e mãe de Nina, de 11, e Antônio, com quase 3, ela fala dos desafios da maternidade e afirma dividir as tarefas com o companheiro, o diretor de artes Lucas Mello. “Ele faz totalmente a parte dele, mas eu ainda acho que a sobrecarga é muito mais em cima da mulher”.



Apesar de morarem juntos, a união com Lucas, desde 2012, não foi oficializada. Miá revela que o amado lhe pediu em casamento durante uma viagem recente. “Eu não contei para ninguém ainda, porque eu quero que ele conte”, expõe aos risos.

No quadro ‘Papo com Dani’, a convidada comenta também sobre a vida profissional, que começou nos palcos em 2008 com o grupo de humor Deznecessários. Posteriormente vieram os trabalhos no cinema e televisão. “Eu nunca quis ser atriz. Na minha cabeça era uma coisa tão improvável, que nunca tinha me passado a ideia [de trabalhar com isso], porque eu não tenho ninguém da minha família [no ramo]. Era uma coisa muito distante da minha realidade”, recorda ela, que cursou publicidade quatro anos antes de ingressar na carreira artística.

A entrevista completa vai ao ar no Sensacional desta quinta-feira (2), às 22h45, na RedeTV!

- Publicidade -

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Câmara aprova lei que cria Pólo Gastronômico e Cultural da Praça Seca

Segundo o texto, serão permitidas a instalação de barracas no entorno da praça, com o objetivo de incentivar o desenvolvimento cultural, e também a utilização do Coreto da Praça Seca, a fim de promover a arte e a cultura local.

Futebol: Senado aprova suspensão de pagamento de dívidas dos clubes

Com 72 votos a favor e um contrário, o projeto que suspende o pagamento das parcelas de dívidas no âmbito do Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut) durante a pandemia de covid-19 foi aprovado pelo Senado nesta terça-feira (29). Como sofreu modificações, o texto retorna para a Câmara dos Deputados.
- Publicidade -