24.1 C
Rio de Janeiro
sábado, setembro 19, 2020
- Publicidade -

Espetáculo “A Protagonista” estreia em ambiente virtual

Peça entraria em cartaz no Sesc Tijuca em março, mas temporada foi cancelada por conta da Covid-19. Enredo foi adaptado para inserir as discussões sobre opressão contra as mulheres no contexto pandêmico.

- Publicidade -
- Publicidade -

Previsto para estrear no Sesc Tijuca em 20 de março desde ano, mas cancelado por conta da pandemia da Covid-19, o espetáculo “A Protagonista” ganha temporada on-line a partir desta sexta-feira (18/9) dentro da programação do projeto Arte em Cena, do Sesc RJ.  Encenado pelo Coletivo Paralelas e transmitido pela plataforma Zoom, o espetáculo levanta a reflexão sobre os agentes que limitam a livre atuação da mulher na sociedade, tomada por vigilância e opressão.

A peça foi adaptada pelo grupo para ser realizada na plataforma virtual. Além da mudança de formato do ambiente presencial para o digital, o espetáculo teve seu enredo atualizado ao contexto pandêmico. Nessa nova versão, passa a contemplar a opressão ao gênero feminino no que se refere à exposição e espetacularização da mulher, a sobrecarga no acúmulo de funções e o controle sobre as decisões de sua vida, agora de modo virtual, em que suas escolhas e ações passam ainda mais pela vigilância social.

O enredo mostra um jogo que mistura ficção e realidade. Uma atriz convidada, que não ensaiou o espetáculo, chega para viver a experiência de uma nova funcionária em um ambiente de trabalho virtual. No decorrer da peça, ela se relaciona com as funcionárias antigas da empresa, vividas pelas atrizes fixas do espetáculo. Essas mulheres entrelaçam suas histórias a partir de questões que perpassam esse momento de relações e trabalhos remotos.

>

Colaboração de Miwa Yanagizawa – “A Protagonista” é o terceiro espetáculo do Coletivo Paralelas. Ele surge como uma expansão das pesquisas desenvolvidas em “Piranha não dá no mar”, peça participante do projeto Mostra Regional de Artes Cênicas, do Sesc RJ, no qual nomes consagrados das artes cênicas do país contribuem com elementos para espetáculos de companhias de diferentes localidades do estado. No caso do Coletivo Paralelas, a colaboração foi de Miwa Yanagizawa, vencedora do último prêmio Shell na categoria direção com o trabalho “Nastácia”. Para “A Protagonista”, a parceria com a atriz e diretora se mantem, e o grupo decide aprofundar a investigação do jogo como instrumento cênico e a reflexão sobre os agentes que limitam a livre atuação da mulher na sociedade.

- Publicidade -

SERVIÇO

“A Protagonista”

Temporada: de sexta a domingo, às 20h, de 18/9 a 11/10

Gratuito

Classificação indicativa: 14 anos

Duração: 60 minutos

Formulário para participação: disponível na “Bio” do Instagram do Coletivo Paralelas (@coletivoparalelas) ou por meio de solicitação ao e-mail [email protected].

OBS: No formulário, espectador informar o dia que deseja assistir. O link/ID de chamada na plataforma Zoom será disponibilizado 1 hora antes de cada apresentação.

FICHA TÉCNICA

Criação: Carol Babosa, Juliana Soure e Tatiane Santoro

Direção: Juliana Soure

Orientação artística: Miwa Yanagizawa

Direção audiovisual: Laís Dantas

Dramaturgia: Juliana Soure e Renata Sofia

Roteiro audiovisual: Renata Sofia

Elenco: Aliny Ulbricht, Carol Barbosa, Rosa Nogueira, Tatiane Santoro

Atrizes convidadas: Bárbara Assis, Bárbara Jordão, Caju Bazerra, Dani Anatólio,

Débora Crusy, Fernanda Dias, Gabriella Cristina, Gabriela Estolano, Geandra Nobre,

Lidiane Oliveira, Rebecca Gotto e Vika Flôr

Orientação teórica: Pâmela Carvalho

Preparação corporal: Camila Rocha

Iluminação: Nina Balbi

Figurino: Carla Costa

Mídias, design gráfico e fotografia: Franco Albuquerque

Direção de produção: Mariana Rego

Produção executiva: Julia Abreu

Assessoria de imprensa: Duetto Comunicação

Realização: Coletivo Paralelas

SINOPSE

Uma atriz convidada, que não ensaiou o espetáculo, chega para viver a experiência de uma nova funcionária em um ambiente de trabalho virtual. No decorrer da peça ela se relaciona com as funcionárias antigas da empresa, vividas pelas atrizes fixas do espetáculo. Em um jogo que mistura ficção e realidade, essas mulheres entrelaçam suas histórias a partir de questões atravessadas por esse momento de relações e trabalhos remotos

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

>

Últimas Notícias

Prefeitura faz 550 inspeções na retomada das fiscalizações do programa Ponta a Ponta da Vigilância Sanitária

Em uma semana de inspeções do órgão, vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foram feitas 550 vistorias e aplicadas 179 infrações por várias irregularidades, entre elas, falta de insumos de higiene e ausência de licença sanitária.

Horóscopo de domingo 20 de setembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo para o dia 20 de setembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Governo do Rio de Janeiro abre cadastro para renda emergencial da Lei Aldir Blanc

Profissionais da cultura poderão fazer pedido do auxílio em nova plataforma digital, a partir de segunda (21/09)

Rio de Janeiro: medidas restritivas são prorrogadas até o dia 6 de outubro

O governador em exercício Cláudio Castro prorrogou, até o dia 6 de outubro, algumas medidas restritivas de prevenção e enfrentamento à propagação da Covid-19 no estado

Taxa de Incêndio 2020 do Corpo de Bombeiros vence em outubro

As novas datas para pagamento estão compreendidas entre os dias 05 e 09 de outubro.

Vídeo: Tiroteio entre Terceiro Comando Puro (TCP) e o Comando Vermelho paralisa Avenida Brasil

Motoristas que passavam pela Avenida Brasil, na altura de Parada de Lucas, na tarde deste sábado, q9, entraram em pânico por conta de um intenso tiroteio

Coronavírus: Rio de Janeiro chega a 17.634 óbitos e 251.261 casos confirmados

Há ainda 403 óbitos em investigação e 354 foram descartados. Entre os casos confirmados, 228.258 pacientes se recuperaram da doença

Confira o número de leitos para Covid-19 e taxa de ocupação na rede SUS no Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou que a rede municipal está realizando atualmente a maioria absoluta dos atendimentos de Covid-19, visto que hospitais do estado e da iniciativa privada fecharam leitos dedicados ao tratamento da doença.
- Publicidade -