24 C
Rio de Janeiro
domingo, setembro 27, 2020
- Publicidade -

“Tirico e as histórias de morros e fossos” está em cartaz no Teatro Glaucio Gil

- Publicidade -
- Publicidade -

O musical “Tirico e as histórias de morros e fossos” é uma emocionante aventura para toda a família dirigido por Erika Ferreira e trazido à cena pela Oficina Social de Teatro. A produção já está em cartaz há dois anos, tendo sido indicada em diversas premiações e, desta vez, faz temporada durante todo o mês das crianças no Teatro Gláucio Gill, em Copacabana.

Na história, escrita por Sylvio Moura, um menino vive uma dura realidade de pobreza e de falta de oportunidades. Criado somente pela mãe, Tirico, após a morte do pai, vai trabalhar na lavoura de cana-de-açúcar em troca do sonho de melhorar sua condição de vida. Lá chegando, sofre todas as mazelas da exploração do trabalho infantil. Ao redescobrir a esperança através do circo, Tirico passa a compreender o verdadeiro sentido da vida. O espetáculo oferece, através de suas cores, de uma trilha sonora tocada ao vivo e de cenas que emocionam e cativam, um excelente entretenimento para toda a família.

A Oficina Social de Teatro (OST) é um programa que se iniciou no ano de 2000 na cidade de Niterói e que já formou mais de 4.000 alunos e montou mais de 150 espetáculos, sendo boa parte deles profissionais.

A OST é hoje uma referência em formação em teatro na cidade de Niterói e conta em seu quadro com profissionais altamente qualificados, formados em Universidades e Escolas Técnicas de Teatro do Rio de Janeiro e do Brasil.

- Publicidade -

Ao completar 18 anos de intensa atividade na cena teatral niteroiense, a OST inspira-se nas grandes escolas do teatro mundial para construir sua trajetória de sucesso. Grandes nomes como Bertold Brecht, Constantin Stanislavski, Jerzi Grotowski e Eugenio Barba referenciam seus trabalhos desenvolvidos.

Sinopse: Uma criança vivendo a dura realidade da pobreza e da falta de oportunidade. Criado somente pela mãe, após a morte do pai, vai trabalhar na lavoura de cana-de-açúcar em troca do sonho de melhorar sua condição de vida mas lá sofre todas as mazelas da exploração do trabalho infantil. Ao final consegue redescobrir a esperança através do circo. “Tirico e as histórias de morros e fossos” é um espetáculo infanto-juvenil com temática adulta, apresentado de forma dinâmica, lúdica, profunda e surpreendente.

Ficha Técnica 
Autor: Sylvio Moura
Direção: Erika Ferreira
Assistente de Direção: Clara Taranto 
Direção Musical: Sandro Toledo
Duração: 70 minutos

Elenco: Marcela Almeida, Flavio Lucas, Carolina Malaquias, Mell Dri, Emiliano Fischer, Clara Taranto, Michael Alves, Cris Mathias, Cynthia Lima, Uriel Dames, Ana Carla Marinho, Sandro Toledo e Rhaiany Soares. 

Cenografia: Erika Ferreira e Sylvio Moura
Figurino: Criação Coletiva
Maquiagem: Criação Coletiva
Produção: Rhaiany Soares
Assistente de produção: Juliene Pontes
Realização: Oficina Social de Teatro

SERVIÇO

TIRICO E AS HISTÓRIAS DE MORROS E FOSSOS
Datas: 5 a 27 de outubro
Horários: sábados e domingos, às 17h
Local: Teatro Glaucio Gill (Praça Cardeal Arcoverde, s/n – Copacabana, Rio de Janeiro)
Texto: Sylvio Moura
Direção: Erika Ferreira

Elenco: Marcela Almeida, Flavio Lucas, Carolina Malaquias, Mell Dri, Emiliano Fischer, Clara Taranto, Michael Alves, Cris Mathias, Cynthia Lima, Bruno Rosa, Bia Ribeiro, Ivan de Oliveira, Ana Carla Marinho, Sandro Toledo e Rhaiany Soares. 

Classificação: livre
Valores: R$30 / R$ 15

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Coronavírus: Rio de Janeiro tem 18.247 óbitos e 259.670 casos confirmados no RJ

Há ainda 503 óbitos em investigação e 364 foram descartados. Entre os casos confirmados, 237.024 pacientes se recuperaram da doença.

Renault Sandero é o veículo usado mais negociado na web em agosto

Modelo da fabricante francesa assume a primeira posição dos mais vendidos na plataforma e passa a ser o segundo mais vendido no ranking deste ano

Planeta Atlântida não irá acontecer em 2021

Decisão, comunicada nesta quinta-feira (24), tem o objetivo de preservar a segurança do público, das equipes, dos artistas e dos parceiros do festival devido à pandemia
- Publicidade -