23 C
Rio de Janeiro
domingo, setembro 20, 2020
- Publicidade -

Luana Piovani diz não se incomodar muito com assédio e vê exageros

- Publicidade -
- Publicidade -

Dar pitaco em assuntos polêmicos nunca foi problema para Luana Piovani, que escolheu agora falar sobre assédio.

A atriz de 42 anos debateu o problema em seu canal no YouTube e revelou já ter sido assediada duas vezes, sendo uma delas por um diretor da Globo, hoje já falecido. 


A primeira vez teria ocorrido quando Luana estava com 18 anos, após um jantar com um amigo, que era diretor de teatro.

>

“Ele tentou me beijar, mas eu achei totalmente sem noção porque se eu quisesse dar um beijo nele eu já teria avisado com meu olhar ou qualquer coisa que fosse, há muito tempo, essa é a relação de paquera”.

- Publicidade -


Já a segunda vez, teria ocorrido na Globo: “Eu estava na sala de um diretor. Tinha outras pessoas comigo, outras atrizes. Ele olhou pra mim e falou ‘Luana’ e bateu assim na perna [indicando para sentar no colo dele]”, contou ela, que afirma ter levado na brincadeira. “Mas não me senti mal, desrespeitada”, concluiu. 


Luana também falou sobre a importância da divulgação de informações sobre assédio e sobre respeito, mas avalia que existe um exagero hoje em torno do assunto.

“Eu, se fosse homem, ia estar com medo de conversar com mulher também. Acho que é por isso que as pessoas estão recorrendo mais aos aplicativos”, afirma ela. 


“Não sou alguém que se incomoda muito com assédio, desde que não me toque. Inclusive, se a pessoa demorasse muito para entender, eu ia mesmo e assediava, nunca vi isso como problema (…) Acho que cada um é seu próprio julgador. Eu, por exemplo, não me sinto mal se alguém me assedia na rua.” 


Os vídeos postados no canal da atriz no YouTube farão parte também de seu programa Luana é de Lua, que deverá estrear no meio do ano no canal pago E!. 


Luana está atualmente se mudando para Portugal com o marido, o surfista Pedro Scooby, e os três filhos. No fim de 2018, ela falou ao F5 que ficará focada agora em adaptar a família ao novo país e que a falta de trabalho lá não é uma preocupação, mas avalia a possibilidade de produzir peças em Portugal no futuro.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

É possível ganhar a vida com apostas esportivas?

Quem nunca sonhou em ganhar muito dinheiro todos os meses sem fazer muito esforço? Não é à toa que as apostas desportivas online estão a crescer rapidamente em todo mundo.
>

Últimas Notícias

Confira o número de leitos para Covid-19 e taxa de ocupação na rede SUS no Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou que a rede municipal está realizando atualmente a maioria absoluta dos atendimentos de Covid-19, visto que hospitais do estado e da iniciativa privada fecharam leitos dedicados ao tratamento da doença.

Prefeitura faz 550 inspeções na retomada das fiscalizações do programa Ponta a Ponta da Vigilância Sanitária

Em uma semana de inspeções do órgão, vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foram feitas 550 vistorias e aplicadas 179 infrações por várias irregularidades, entre elas, falta de insumos de higiene e ausência de licença sanitária.

Horóscopo de domingo 20 de setembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo para o dia 20 de setembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Governo do Rio de Janeiro abre cadastro para renda emergencial da Lei Aldir Blanc

Profissionais da cultura poderão fazer pedido do auxílio em nova plataforma digital, a partir de segunda (21/09)

É possível ganhar a vida com apostas esportivas?

Quem nunca sonhou em ganhar muito dinheiro todos os meses sem fazer muito esforço? Não é à toa que as apostas desportivas online estão a crescer rapidamente em todo mundo.

Vídeo: Tiroteio entre Terceiro Comando Puro (TCP) e o Comando Vermelho paralisa Avenida Brasil

Motoristas que passavam pela Avenida Brasil, na altura de Parada de Lucas, na tarde deste sábado, q9, entraram em pânico por conta de um intenso tiroteio

Coronavírus: Rio de Janeiro chega a 17.634 óbitos e 251.261 casos confirmados

Há ainda 403 óbitos em investigação e 354 foram descartados. Entre os casos confirmados, 228.258 pacientes se recuperaram da doença
- Publicidade -