27.6 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, outubro 29, 2020
- Publicidade -

Projeto fixa regras para uso de dados pessoais do consumidor por empresas de proteção ao crédito

- Publicidade -
- Publicidade -

18/09/2020 – 12:12  

Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

- Publicidade -

Wolney Queiroz quer impedir “verdadeira investigação particular da vida do consumidor”

- Publicidade -

O Projeto de Lei 4374/20 fixa uma série de regras para o uso e o compartilhamento dos dados de consumidores pelas empresas de proteção ao crédito. A proposta em análise na Câmara dos Deputados insere as medidas na Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD – Lei 13.709/18).

Hoje a LGPD autoriza a coleta e tratamento de dados de consumidores para fins de proteção ao crédito, mas não especifica quais dados podem ser utilizados. O texto veda a utilização de dados de comunicação do consumidor em redes sociais; a interceptação de mensagens privadas enviadas por correio eletrônico e aplicativos para celulares; e a coleta de dados por meio de ferramentas de rastreamento de navegação na internet – os chamados cookies.

Assim, os serviços de proteção a crédito somente poderão usar informações fornecidas pelas empresas que efetuarem registro do inadimplemento do consumidor. Essas empresas também só poderão fornecer informações relacionadas ao contrato ou transação não cumprido.

“Os serviços de proteção ao crédito existentes no Brasil, na atualidade, são empresas privadas e, portanto, realizam profundas investigações sobre a vida financeira dos consumidores para atender aos interesses de seus clientes, os bancos”, explica o deputado Wolney Queiroz (PDT-PE).

Lei de Cadastro Positivo


O projeto também altera Lei do Cadastro Positivo (Lei 12.414/11), para adaptá-la à Lei Geral de Proteção de Dados. Segundo o parlamentar, a lei atual permite que serviços de proteção ao crédito forneçam livremente todos os dados de que dispõem sobre os consumidores.

Pela proposta, as empresas de proteção ao crédito deverão manter sigilo sobre as informações de contato do cadastrado, incluídos endereços residenciais e profissionais, telefones, correio eletrônico e outros meios de comunicação que possam ser utilizados para envio de propaganda e contatos por telemarketing.

O cadastro do consumidor inadimplente não poderá conter ainda histórico de compras efetuadas por meio de pagamento eletrônico; patrimônio do consumidor; ou movimentação bancária em conta corrente, investimentos e empréstimos.

Acesso a banco de dados


Além disso, o projeto exclui trecho da Lei do Cadastro Positivo que proíbe que as fontes de informação criem regras que limitem o acesso aos bancos aos dados dos consumidores cadastrados. Wolney Queiroz considera “alarmante” esse trecho da lei.

Segundo ele, isso “contraria frontalmente os princípios da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais”, ao obrigar o compartilhamento de todas as informações contidas nos bancos de dados. Conforme o deputado, o princípio da segurança dos dados previsto LGPD hoje está invertido. “Ao invés de se protegerem os dados pessoais, os gestores de banco de dados são obrigados a difundi-los”, critica.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Lara Haje

Edição -Natalai Doederlein

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Pesquisas mostram que CNN é o canal de notícias mais imparcial do país

Pesquisas realizadas por dois dos maiores institutos do país, o Kantar Ibope Media e o Real Time Big Data,...

Outlander ganha maratonas no mês de novembro

Em novembro, o canal FOX Premium 1 vai realizar em todos os sábados do mês, a partir das 20h30, uma maratona da...

Painel dos filmes sobre o Caso Richtofen acontece hoje na Horror Expo Live 2020

O Caso Richthofen, homicídio brutal que chocou o Brasil em 2002, será revisitado em uma adaptação para dois longas-metragens,...

Maisa ganha presente especial de Silvia Abravanel em seu último programa no SBT

O último "Programa da Maisa", no ar no próximo sábado, 31 de outubro, está repleto de emoção. Em sua despedida, Maisa...

Segunda temporada de “The Purge” chega ao SPACE em novembro

Uma das franquias de terror mais originais da atualidade chega a sua 2ª temporada na tela do SPACE. "The Purge", série baseada no sucesso...

Comédia com Billy Crystal, “Caindo em Pé”, é a atração do TNT Original desta sexta

"Caindo em Pé", filme com o selo Particular Crowd, sob a marca TNT Original, estreia nesta sexta, dia 30...

Starzplay anuncia data de estreia e trailer da série dramática ‘No Man’s Land’

Starzplay, o serviço internacional de streaming premium da Starz, anunciou hoje a estreia da série dramática em oito partes,...

Produção nacional Você Renova estreia no Home & Health com a apresentadora Eva Mota

Durante a pandemia, muita gente mudou a relação com a própria casa. Surgiu aquela vontade de mudar completamente um...

Apostar ao vivo: quais as vantagens e desvantagens?

Quem já tem alguma experiência com o mercado de apostas esportivas sabe que existem alguns ensinamentos básicos a serem dominados e o resto é praticamente todo na base da experiência, da intuição e mesmo do feeling, por assim dizer.
- Publicidade -