24.4 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, outubro 26, 2020
- Publicidade -

Rodrigo Maia diz que portaria sobre aborto legal é inconstitucional

- Publicidade -
- Publicidade -

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (1º) que a  portaria do Ministério da Saúde que altera os procedimentos para o aborto legal em caso de estupro é “ilegal” e “inconstitucional”.  O congressista avalia que se o governo não recuar, Parlamento ou Supremo Tribunal Federal (SPT) podem sustar a medida.

De acordo com a portaria, os procedimentos devem ser seguidos para garantir a licitude do aborto e a segurança jurídica aos profissionais de saúde envolvidos.

- Publicidade -

“Não é o Ministério da Saúde que pode tomar a decisão como tomou, uma interferência em uma lei. A melhor decisão é que o governo pudesse recuar, se isso não ocorrer, devemos ter voto aqui na Câmara ou ir ao Supremo Tribunal Federal para sustar uma portaria ilegal”, disse o presidente da Câmara.

Para Maia, a legislação brasileira já define um marco “claro e nítido” sobre o estupro. A nova norma prevê que, antes de aprovar a interrupção da gravidez, a equipe médica deverá informar a gestante acerca da possibilidade de visualizar o feto ou embrião por meio de ultrassonografia, caso assim deseje. Outro ponto exige que médicos, profissionais de saúde ou responsáveis por estabelecimento de saúde notifiquem à polícia os casos em que houver indícios ou confirmações de estupro. Especialistas avaliam que a medida pode dificultar o acesso de mulheres ao direito já previsto em lei.

- Publicidade -

“A gente não deve criar nenhum tipo de decreto, ou portaria que constranja a decisão da mulher. Uma portaria completamente ilegal, inconstitucional, que não respeita as normas legais do nosso país. É a minha posição pessoal, por isso que eu não digo nem posso dizer qual vai ser a decisão, mas eu acho que o melhor caminho é que o governo pudesse recuar e pudesse discutir com o Congresso, debater o assunto”, argumentou. 

Auxílio emergencial

Rodrigo Maia defendeu decisão do governo de prorrogar o auxílio emergencial por mais quatro meses no valor de R$ 300. Para ele, é preciso ter cuidado para atender à população vulnerável e, em paralelo, assegurar que o governo não dará uma sinalização negativa de descontrole do gasto público. 

“Temos que ter muito cuidado, o auxílio é muito importante, mas os valores já vinham gerando um forte impacto nas contas públicas. No momento adequado, vamos colocar em votação”, disse.

Na avaliação do presidente da Câmara, o Bolsa Família foi bem-sucedido em retirar milhões de pessoas da extrema pobreza. No entanto, um novo programa de renda deve assegurar parâmetros de mobilidade aos atendidos. 

“É importante que se possa fazer um programa que caminhe junto aos esforços das famílias, com benefícios extraordinários para as famílias que cumprirem metas na educação e saúde, por exemplo. Precisamos dar condições não apenas da transferência de renda, mas criar um programa que possa garantir mais mobilidade social”, defendeu.

Ouça na Radioagência Nacional:

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Quiosque QuiQui, em São Conrado, renova menu

Durante o período de isolamento social, o Quiosque QuiQui se reinventou depois de 4 anos de existência. A reformulação no conceito e na estrutura veio para oferecer conveniência e conforto na Praia de São Conrado

GRUPO GR abre vagas de Vigilantes no Rio de Janeiro

O GRUPO GR está com processo seletivo aberto para 10 vagas de Vigilantes no Rio de Janeiro. Os pré-requisitos estão listados no link https://grupogr.pandape.com.br/ e a candidatura à vaga é somente online

Últimas Notícias

Canavieiros de PE conquistam claúsula trabalhista para proteção à covid-19

A categoria dos canavieiros de Pernambuco pactuou, na última semana, a nova...

Quiosque QuiQui, em São Conrado, renova menu

Durante o período de isolamento social, o Quiosque QuiQui se reinventou depois de 4 anos de existência. A reformulação no conceito e na estrutura veio para oferecer conveniência e conforto na Praia de São Conrado

GRUPO GR abre vagas de Vigilantes no Rio de Janeiro

O GRUPO GR está com processo seletivo aberto para 10 vagas de Vigilantes no Rio de Janeiro. Os pré-requisitos estão listados no link https://grupogr.pandape.com.br/ e a candidatura à vaga é somente online

Vladimir Herzog: 25 anos da morte do jornalista símbolo da luta pela democracia

O jornalista Vladimir Herzog, Vlado, como era conhecido, foi assassinado pela ditadura militar no Brasil...

SBT e SBP se unem no combate ao Aedes aegypti

O SBT se uniu com SBP – principal fabricante de inseticidas e repelentes do país - para chamar a atenção das pessoas para...

“Papo de Segunda” traz debate sobre imunização obrigatória contra a Covid-19 com a bióloga Natalia Pasternak

No "Papo de Segunda", Fábio Porchat, Emicida, João Vicente e Francisco Bosco recebem virtualmente a microbiologista Natalia Pasternak para...

MTV anuncia data de estreia do novo spin-off: Adotada #TBT

A MTV acaba de anunciar a data de estreia do novo spin-off, Adotada #TBT, gravado em estúdio, em São Paulo, respeitando todas...

Versatibilidade de Nicole Kidman se destaca no catálogo da HBO

Reconhecida mundialmente, Nicole Kidman é destaque da HBO neste mês de outubro. A estrela é protagonista e uma das produtoras executivas...

Nelsinho Piquet é o convidado desta segunda-feira no The Noite com Danilo Gentili

Nelsinho Piquet é o convidado desta segunda-feira, 26 de outubro, no The Noite. O piloto conversa com Danilo Gentili sobre a rotina atual durante...

Quiosque QuiQui, em São Conrado, renova menu

Durante o período de isolamento social, o Quiosque QuiQui se reinventou depois de 4 anos de existência. A reformulação no conceito e na estrutura veio para oferecer conveniência e conforto na Praia de São Conrado

GRUPO GR abre vagas de Vigilantes no Rio de Janeiro

O GRUPO GR está com processo seletivo aberto para 10 vagas de Vigilantes no Rio de Janeiro. Os pré-requisitos estão listados no link https://grupogr.pandape.com.br/ e a candidatura à vaga é somente online

Conheça 5 leis que protegem as mulheres

A quarentena, com a presença mais intensa do casal nos lares, é apontada como um dos motivos do aumento de casos de violência contra a mulher, uma vez que a vítima ficou em isolamento social com o agressor.
- Publicidade -