24 C
Rio de Janeiro
domingo, setembro 20, 2020
- Publicidade -

Líderes defendem adiamento das eleições municipais em razão da Covid-19

- Publicidade -
- Publicidade -

17/06/2020 – 12:23  

Gustavo Vara/Prefeitura de Pelotas-RS

Eleições - voto secreto urnas votação eleitores eleitoral

>

Uma possível nova data para o pleito terá de ser definida por meio de emenda constitucional

- Publicidade -

Líderes de partidos que participaram, na terça-feira (16), de reunião sobre as eleições municipais deste ano afirmaram que há consenso quanto à realização do pleito, mas com um possível adiamento em razão da pandemia de Covid-19. Normalmente realizadas em outubro, a ideia é que as votações ocorram entre 15 de novembro e 20 de dezembro. Para ser alterada, a data precisa ser definida por meio de emenda constitucional aprovada pelas duas Casas do Congresso Nacional.

“É preciso, sim, realizar as eleições, com todo o cuidado, com todo o respeito. É necessário preservar a democracia e não passar a mensagem de que se trata de um valor descartável”, afirmou o líder do DEM na Câmara dos Deputados, Efraim Filho (PB). “É importante que o cidadão tenha preservado o seu direito de escolher quem vai lhe representar.”

O deputado participou de videoconferência em que autoridades e especialistas em saúde foram ouvidos pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, para quem o ideal é que a definição pelo Congresso seja feita até 30 de junho.

Efraim Filho disse acreditar que, com o adiamento, que levará em conta a redução na curva de contágio pelo novo coronavírus, será possível dar segurança não apenas ao dia da eleição, mas também ao período de campanha. “Você tem as convenções e as campanhas. Pelas datas previstas, começarão ali por meados de setembro”, comentou.

Tempo de TV


O líder do PDT, deputado Wolney Queiroz (PE), também considerou positiva a reunião. “Todos se dispuseram a ouvir a ciência, os médicos, os especialistas sobre a melhor forma de fazer uma campanha e uma eleição segura”, avaliou.

O PDT, ressaltou o líder, já defendia o adiamento. “Nós fizemos uma sugestão ao presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), que foi acatada e será levada aos parlamentares, para que a gente, em virtude da ausência de campanha de rua, também possa ter um tempo maior para as campanhas de rádio e TV, como forma de facilitar o conhecimento dos candidatos pelos eleitores”, acrescentou.

Rodrigo Maia, que também participou da videoconferência, declarou ser favorável a aumentar o tempo de televisão dos candidatos, em um momento em que o isolamento social é a principal recomendação no enfrentamento da pandemia de Covid-19.

“Aumentar o tempo de televisão, eu acho uma boa ideia”, disse. “[A propaganda nas redes de rádio e TV] é feita por meio de renúncia fiscal, por parte das emissoras, não seria nenhum valor absurdo, dada a importância de se conhecerem os candidatos”, continuou Maia.

Sugestões


Na conferência, Luís Roberto Barroso também comentou a possibilidade de criação de uma cartilha de orientação para eleitores e mesários sobre como se portar no dia da votação.

Entre as sugestões apresentadas para além do adiamento do pleito, há a possibilidade de horários estendidos para a votação, definição de horários específicos à população vulnerável, treinamento e simulação sobre medidas de higiene para todos que vão trabalhar e aumento dos locais de votação para evitar aglomerações.

Barroso também destacou as discussões que estão sendo analisadas na Justiça Eleitoral, como a possibilidade de suspensão da identificação do eleitor por meio da biometria, a fim de diminuir o contato físico entre os envolvidos.

Reportagem – Noéli Nobre

Edição – Marcelo Oliveira

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

É possível ganhar a vida com apostas esportivas?

Quem nunca sonhou em ganhar muito dinheiro todos os meses sem fazer muito esforço? Não é à toa que as apostas desportivas online estão a crescer rapidamente em todo mundo.
>

Últimas Notícias

Confira o número de leitos para Covid-19 e taxa de ocupação na rede SUS no Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou que a rede municipal está realizando atualmente a maioria absoluta dos atendimentos de Covid-19, visto que hospitais do estado e da iniciativa privada fecharam leitos dedicados ao tratamento da doença.

Prefeitura faz 550 inspeções na retomada das fiscalizações do programa Ponta a Ponta da Vigilância Sanitária

Em uma semana de inspeções do órgão, vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foram feitas 550 vistorias e aplicadas 179 infrações por várias irregularidades, entre elas, falta de insumos de higiene e ausência de licença sanitária.

Horóscopo de domingo 20 de setembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo para o dia 20 de setembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Governo do Rio de Janeiro abre cadastro para renda emergencial da Lei Aldir Blanc

Profissionais da cultura poderão fazer pedido do auxílio em nova plataforma digital, a partir de segunda (21/09)

É possível ganhar a vida com apostas esportivas?

Quem nunca sonhou em ganhar muito dinheiro todos os meses sem fazer muito esforço? Não é à toa que as apostas desportivas online estão a crescer rapidamente em todo mundo.

Vídeo: Tiroteio entre Terceiro Comando Puro (TCP) e o Comando Vermelho paralisa Avenida Brasil

Motoristas que passavam pela Avenida Brasil, na altura de Parada de Lucas, na tarde deste sábado, q9, entraram em pânico por conta de um intenso tiroteio

Coronavírus: Rio de Janeiro chega a 17.634 óbitos e 251.261 casos confirmados

Há ainda 403 óbitos em investigação e 354 foram descartados. Entre os casos confirmados, 228.258 pacientes se recuperaram da doença
- Publicidade -