24 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, outubro 1, 2020
- Publicidade -

Com desmatamento em alta, Bolsonaro prorroga controle de militares sobre a Amazônia

- Publicidade -
- Publicidade -

O governo federal prorrogou, até 10 de julho, o poder das Forças Armadas sobre todas as operações contra desmatamento ilegal e incêndios na Amazônia Legal. O decreto, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro em 10 de junho, é uma extensão de uma ordem do mês passado.

Com o ato, o governo retira a autonomia de órgãos de proteção ambiental antes responsáveis pelas ações, como o Ibama e o ICMBio, e os coloca sob a tutela dos militares – em especial, do ministro da Defesa, o general Fernando Azevedo e Silva, que agora tem a palavra final sobre as operações.

Ainda conforme o decreto, ficam liberadas “ações preventivas e repressivas” pelos militares em faixa de fronteira, terras indígenas, unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos Estados da Amazônia Legal.

::Saiba mais: Desmatamento na Amazônia cresce 63,7% em abril: “Grileiro não faz home office”::

- Publicidade -

Desmatamento

Dados divulgados nesta semana pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que, entre agosto de 2018 e julho de 2019, o desmatamento da Amazônia cresceu 34% em comparação ao mesmo período do ano anterior. No total, foram mais 10 mil quilômetros quadrados de mata perdida.

Segundo especialistas, as queimadas poderão coincidir com o pico da pandemia e causar ainda mais estragos, por exemplo, a comunidades indígenas da região. 

::Período de queima da Amazônia irá coincidir com pico da pandemia, alerta especialista::

Edição: Rodrigo Chagas


Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Reforços do Vasco da Gama: Vídeo: veja gols e jogadas de Latif Blessing, ganês que deve defender o clube

O Vasco da Gama já se acertou com o ganês Latif Blessing, bases salariais e tempo de contrato foram definidos, mas esbarra no declínio do Los Angeles FC, clube ao qual o jogador é vinculado, que não quer liberar o atleta

Reforços do Vasco da Gama:: Clube acerta com ganês Latif Blessing e aguarda liberação de clube americano

O Vasco da Gama já definiu seu alvo para reforçar a lateral direita, setor considerado carente, e abriu negociações com Latif Blessing, ganês, de 23 anos, atualmente no Los Angeles F.C, da MLS.
- Publicidade -