24.7 C
Rio de Janeiro
domingo, setembro 20, 2020
- Publicidade -

Com 200 casos de covid-19, Vale em Itabira (MG) é interditada por fiscais do Trabalho

- Publicidade -
- Publicidade -

Auditores fiscais do Trabalho interditaram, na quarta-feira (27), o complexo minerador da Vale em Itabira (MG) por apresentar quase 200 trabalhadores próprios e terceirizados com teste positivo para covid-19, algo em torno de 9% dos testados. Segundo a auditora fiscal Odete Reis, que participou da inspeção na última segunda, no complexo — onde trabalham cerca de 5 mil pessoas — foram detectadas diversas irregularidades que colocam os trabalhadores em situação de grave e iminente risco.

:: Minas Gerais é “cemitério preferido” da Vale, ironiza prefeito de Belo Horizonte ::

Em nota, a Vale afirma que tomou conhecimento da interdição e, imediatamente, ajuizou uma ação anulatória com pedido de liminar, o que foi deferido pelo juiz da 2ª Vara de Itabira, determinando a manutenção de todas as atividades da Vale no complexo. Além disso, a empresa afirma que, em todas as suas operações, adotou padrões de segurança e colocou em prática diversas ações para proteger seus empregados.

>

“A Vale reforça que tem o compromisso de cuidar da saúde e da segurança de seus empregados, observando rigorosamente todos os protocolos exigidos pelo Ministério da Saúde”, diz o texto. Até o fechamento desta matéria, a auditoria fiscal do Trabalho não havia sido notificada sobre essa decisão.

- Publicidade -

:: Trabalhadores e cidades exploradas pela Vale estão sob grave risco, diz líder do MAM ::

Irregularidades da Vale em Itabira

Uma das irregularidades identificadas pela auditora fiscal é a aglomeração de trabalhadores nas rodoviárias, onde chegam os ônibus da cidade e ficam as vans que levam as pessoas até as frentes de trabalho. O complexo é formado por três minas — Conceição, Cauê e Periquito — e em cada uma delas há uma rodoviária.

“A gente presenciou duas trocas de turno, um por volta das 13h; e, em outra mina, por volta das 17h30. Nesses momentos, os trabalhadores que estão chegando e os que estão voltando das frentes de trabalho, e aí vão bater ponto, vão ao banheiro, vão encher o cantil com água ou pegar o álcool e a flanela para limpar os equipamentos, transitam por ali no mesmo espaço, provocando aglomeração”, conta.

Outra irregularidade encontrada pelos auditores são as vans utilizadas, que não garantem a distância mínima de um metro, recomendada pelos órgãos de saúde. Apesar de ter uma marcação nos assentos que podem ser utilizados, o que é respeitado pelos trabalhadores, segundo Odete, eles ficam cerca de 60 centímetros de distância um do outro.

:: Organizações se unem e pedem paralisação de mineradoras durante pandemia ::

Exigências

Segundo Odete, entre as exigências apontadas no relatório estão o afastamento imediato de todos trabalhadores, sejam próprios ou terceirizados; a realização de um programa de vigilância epidemiológica, para investigar a concentração de casos; e a manutenção da testagem periódica de todos os empregados e isolamento de casos positivos.

Além disso, a mineradora deve tomar medidas para evitar aglomeração, a exemplo da adoção da prática de turnos escalonados, do aumento do distanciamento dos trabalhadores nas vans e da criação de protocolos sobre a utilização de máscaras e sobre a higienização dos equipamentos e maquinários.

Fonte: BdF Minas Gerais

Edição: Elis Almeida e Camila Maciel


Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Estado do Rio de Janeiro teve R$ 6,1 bilhões roubados em 20 anos de corrupção

Os esquemas de corrupção no Rio de Janeiro, conhecidos como propinodutos movimentaram, segundo denúncias, mais de R$ 6,1 bilhões desde 1999

É possível ganhar a vida com apostas esportivas?

Quem nunca sonhou em ganhar muito dinheiro todos os meses sem fazer muito esforço? Não é à toa que as apostas desportivas online estão a crescer rapidamente em todo mundo.
>

Últimas Notícias

Estado do Rio de Janeiro teve R$ 6,1 bilhões roubados em 20 anos de corrupção

Os esquemas de corrupção no Rio de Janeiro, conhecidos como propinodutos movimentaram, segundo denúncias, mais de R$ 6,1 bilhões desde 1999

É possível ganhar a vida com apostas esportivas?

Quem nunca sonhou em ganhar muito dinheiro todos os meses sem fazer muito esforço? Não é à toa que as apostas desportivas online estão a crescer rapidamente em todo mundo.

Vídeo: Tiroteio entre Terceiro Comando Puro (TCP) e o Comando Vermelho paralisa Avenida Brasil

Motoristas que passavam pela Avenida Brasil, na altura de Parada de Lucas, na tarde deste sábado, q9, entraram em pânico por conta de um intenso tiroteio

Coronavírus: Rio de Janeiro chega a 17.634 óbitos e 251.261 casos confirmados

Há ainda 403 óbitos em investigação e 354 foram descartados. Entre os casos confirmados, 228.258 pacientes se recuperaram da doença

Estado do Rio de Janeiro teve R$ 6,1 bilhões roubados em 20 anos de corrupção

Os esquemas de corrupção no Rio de Janeiro, conhecidos como propinodutos movimentaram, segundo denúncias, mais de R$ 6,1 bilhões desde 1999

É possível ganhar a vida com apostas esportivas?

Quem nunca sonhou em ganhar muito dinheiro todos os meses sem fazer muito esforço? Não é à toa que as apostas desportivas online estão a crescer rapidamente em todo mundo.

Resultados dos jogos de hoje do Brasileirão Assaí Série A 2020

Quatro partidas agitam o dia de futebol no Brasileirão:...

Série B: Figueirense sai do Z-4, CSA deixa a lanterna e Cuiabá se isola na liderança

Azulão bateu o Cruzeiro, Dourado levou a melhor diante...

Onze equipes triunfam na estreia da Série D do Brasileirão 2020

Série D do Campeonato Brasileiro teve rodada de abertura...
- Publicidade -