20.1 C
Rio de Janeiro
domingo, maio 31, 2020

Governo prorroga inscrição do Enem até 27 de maio, mas data da prova continua incerta

- Publicidade -
- Publicidade -

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou, na tarde desta sexta-feira (22), a prorrogação do fim das inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para quarta-feira (27). Apesar da decisão, as demais datas do cronograma do Enem 2020 continuam oficialmente inalteradas, mesmo após os questionamentos da Defensoria Pública da União (DPU) e a votação dessa terça-feira (19) no Senado, que autorizou o adiamento de vestibulares em casos de calamidade pública, a exemplo da pandemia de covid-19 no Brasil.

“Decidimos prorrogar o prazo das inscrições do Enem até 23h59 de quarta-feira, 27 de maio. Os boletos da taxa da prova poderão ser pagos até 28/05. Os candidatos devem ficar atentos à confirmação da inscrição na Página do Participante, do @inep_oficial”, escreveu Weintraub nesta sexta (22) em sua conta no Twitter.

- Advertisement -

A decisão, contudo, mantém em aberto se o governo vai mesmo acatar o pedido da DPU de adiar todo o calendário do Enem, que incluiria o período de inscrições e a realização das provas, prevista para 1º e 8 de novembro de modo presencial e para 22 e 29 do mesmo mês de modo virtual. Em nota emitida na quarta-feira (20), o Ministério da Educação (MEC) anunciou o adiamento de exame, mas atribuiu a uma enquete on-line — a ser realizada em junho pelo Ministério — a decisão sobre a data exata em que a prova será realizada.   

:: Sob pressão, governo Bolsonaro recua e anuncia adiamento do Enem ::

Decisão de terça (19) no Senado

Nessa terça-feira (19), o Senado aprovou o Projeto de Lei (PL) 1277/2020, que possibilita o adiamento de provas e atividades de acesso ao ensino superior em casos de comprometimento do funcionamento das instituições de ensino e também nas situações em que houver estado de calamidade pública reconhecido pelo Legislativo, como ocorre atualmente no país até 31 de dezembro. Na ocasião da votação, o plenário do Senado aprovou a medida por 75 votos favoráveis e apenas um posicionamento contrário, o do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente da República.

:: Senado aprova projeto de lei que adia prova do Enem; Maia pede posição de Bolsonaro ::

Contexto

Os editais do Enem previam a realização das provas presencias nos dias 1º e 8 de novembro, enquanto o teste virtual deveria ocorrer nos dias 22 e 29 do mesmo mês. Por conta da pandemia, que alterou significativamente a dinâmica nas escolas públicas e particulares, estudantes, professores e especialistas iniciaram uma campanha para pedir a prorrogação do exame. A mobilização popular, no entanto, ainda encontrava resistência na gestão Bolsonaro, que vinha defendendo a manutenção das datas.

Diante da postura do governo, o caso foi parar na Justiça, com questionamentos da Defensoria Pública da União (DPU), da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes). Como resultado da mobilização, nas últimas semanas, a hashtag “#AdiaEnem” esteve em alta nas redes sociais e ajudou a inflamar os debates em torno do tema.

*Colaborou Cristiane Sampaio.

Edição: Camila Maciel


Comentários

Conteúdo Recomendado
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Brasil registra mais 956 mortes em 24 horas

De acordo com dados publicados pelo Ministério da...

Rio de Janeiro terá Centro de Atendimento aos Vitimados para atender vítimas da violência

A primeira unidade vai funcionar no Parque Aquático Júlio Delamare, que integra o Complexo Esportivo do Maracanã
- Publicidade -

Leia Também

Brasil registra mais 956 mortes em 24 horas

De acordo com dados publicados pelo Ministério da...

Pesquisadores divulgam nota técnica criticando proposta de isolamento de João Doria

O coletivo “Ação Covid-19”, que reúne pesquisadores de...

MST doa 300 cestas básicas a indígenas Guarani Kaiowá de Dourados, Mato Grosso do Sul

Uma ação organizada neste sábado (30) pelo Movimento...

Debatedores apontam os caminhos para o Brasil vencer o coronavírus

Com a proposta de discutir os desafios para...
- Publicidade -
Comentários