31.6 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, 25 de março de 2019 3:5619

Equipes da Prefeitura entram em ação para minimizar impactos da forte chuva na Sapucaí

- Publicidade -

A Prefeitura do Rio, através da Riotur, informa que acompanhou a preparação da Sapucaí para os desfiles das escolas de samba com a execução de serviços de diversos órgão públicos. Nesta primeira noite de desfiles da série A, uma forte chuva alagou a Sapucaí. Entre 17h45 (início) até 21h45, na Saúde, onde fica o pluviômetro mais próximo do Sambódromo, choveu o total de 44,4mm no período acima. Isso corresponde a 36,7% da média histórica de chuva para esta estação no mês de março


Equipes da Seconserma e da Comlurb foram acionadas e já atuam na Passarela do Samba para que os desfiles ocorram com menor tempo de atraso.


Ao longo dos últimos dias, a Fundação Rio-Aguas finalizou a limpeza do Canal do Mangue e do Rio Papa-Couve, próximos ao Sambódromo. Ao todo, foram 1.150 metros cúbicos de sedimentos retirados na extensão de 8,5 quilômetros do canal e sua foz, que interferem diretamente no escoamento dos ralos e previnem o transbordamento do canal no entorno da Marquês de Sapucaí. Além disso, foram 128 ralos desobstruídos e a reconstrução de uma galeria de drenagem de 10 metros e limpeza de 752 metros de ramais de galerias. 

O Sambódromo também recebeu serviços de conservação e manutenção da pista da Avenida Marquês de Sapucaí. Foram consumidas 32 toneladas de asfalto para reparar buracos e juntas de dilatação na Passarela Professor Darcy Ribeiro, nome oficial da avenida, e arredores. Técnicos também atuaram na recuperação de 20 metros quadrados de calçadas e reposição de 31 grelhas ao longo do Sambódromo.

Últimas Notícias