24.6 C
Rio de Janeiro
terça-feira, 26 de março de 2019 4:1244

Gleisi Hoffmann vai a posse de Nicolás Maduro representando o PT

- Publicidade -

Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, que está na Venezuela, disse que pretende ‘marcar posição contra a grosseira relação do governo Bolsonaro com a Venezuela’.

A fala de Gleisi Hoffmann faz referência ao ‘desconvite’ feito pela diplomacia brasileira a Nicolás Maduro para a posse do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Maduro toma posse no comando da Venezuela hoje, para seu segundo mandato, previsto para terminar em 2025.

Sua eleição foi marcada por denúncias de fraude. A Venezuela atravessa uma forte crise econômica, humanitária e política.

Sob críticas e suspeitas internacionais, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, toma posse hoje (10) do seu terceiro mandato que irá até 2025. Ele conta com o respaldo das Forças Armadas e da Suprema Corte. Porém, sofre resistência interna da Assembleia Nacional que é comandada pela oposição.

O Brasil, que integra o Grupo de Lima (formado por Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lucia e México), considera a reeleição de Maduro ilegítima.

Com informações da Agência Brasil

Últimas Notícias