Público chega animado para acompanhar a posse de Bolsonaro.

Apesar do forte e inédito esquema de segurança montado para a posse de Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (1º) em Brasília, dezenas de pessoas tiveram acesso a uma área reservada em frente ao Palácio do Planalto, o que causou confusão.


Na Praça dos Três Poderes, local mais próximo de onde o presidente empossado vai discursar após receber a faixa, apoiadores de Bolsonaro conseguiram circular entre grades posicionadas para separar o público dos jornalistas que estão fazendo a cobertura da cerimônia.


Há diversas aberturas entre as grades em frente ao Planalto e o monitoramento das passagens não foi eficaz.


Ao perceberem que as pessoas estavam caminhando junto com os repórteres, cinegrafistas e fotógrafos -muitos deles hostilizados pelos eleitores de Bolsonaro durante todo o dia- os seguranças se apressaram para retirá-las dali.


Foi permitida a permanência apenas de cadeirantes e seus acompanhantes.


Algumas das pessoas retiradas da área reservada ficaram em uma das laterais das grades. Ao resistirem a sair inclusive dali, iniciaram uma confusão que culminou no uso de spray de pimenta por parte de um dos seguranças da Presidência.


Segundo um dos apoiadores de Bolsonaro, o produto pegou no rosto de uma criança.


Entre gritos, a Polícia Militar foi chamada para acalmar a situação. Um homem desmaiou e o segurança da Presidência foi orientado por colegas a se afastar do local.