Trabalhos de resgate foram observados por populares. Operação terá prosseguimento neste domingo (José Lucena/EFE/Direitos Reservados)
Trabalhos de resgate foram observados por populares. Operação terá prosseguimento neste domingo (José Lucena/EFE/Direitos Reservados)

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, lamentou as mortes causadas pelo deslizamento hoje (10) na Comunidade Boa Esperança, em Piratininga, Niterói, região metropolitana do Rio. Ele se solidarizou com as famílias que perderam parentes na tragédia. Pelo menos nove pessoas morreram.

Segundo o governo do estado, desde a madrugada deste sábado (10), equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil do Estado, além de agentes da Polícia Militar, estão no local auxiliando os trabalhos da prefeitura de Niterói.

“O Governo do Estado do Rio de Janeiro está mobilizado para auxiliar a prefeitura de Niterói, em razão do deslizamento de terra na Comunidade da Boa Esperança, em Piratininga, município de Niterói”, informou a nota.

Nos últimos dias, o estado do Rio de Janeiro sofreu com fortes chuvas e o solo ficou encharcado em diversas regiões. Segundo a Defesa Civil de Niterói, houve a ruptura de um maciço em uma área de preservação ambiental acima da localidade Boa Esperança.

A região não era diagnosticada como de alto risco geológico dentro do mapeamento de risco do Departamento de Recursos Minerais do Governo do Estado (DRM), que norteia a atuação da Defesa Civil.