23.4 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, 24 de abril de 2019 9:0204
- Publicidade -

Incêndio destrói hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca e mata três pacientes

- Publicidade -

Um incêndio na tarde deste sábado (3) destruiu a Coordenação de Emergência Regional da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Segundo o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, 50 pacientes estavam internados na unidade. Pelo menos 20 se encontravam em estado grave.

- Advertisement -

Eles foram transferidos para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, que fica no terreno ao lado do local atingido. A Prefeitura do Rio ainda não informou o estado de saúde dos pacientes transferidos.

Crivella disse ainda que pelo menos três deles morreram durante a transferência, após terem seus equipamentos desligados. A situação dos pacientes era delicada. Um deles tinha 83 anos.

No início da noite, funcionários da prefeitura começaram a informar aos parentes dos internos o estado de saúde de cada pessoa. Até as 18h, a prefeitura ainda não havia divulgado os nomes dos mortos.

Ainda de acordo com o prefeito, o incêndio teria iniciado no laboratório.

“Foi desespero total. A fumaça começou a invadir a sala dos internados”, disse a doméstica Rosilene Vieira.

O incêndio começou no horário de visita e muitos parentes ajudaram na transferência. Se fosse em outro horário, a tragédia seria maior”, completou ela.

O marido da doméstica estava internado na sala amarela desde quarta-feira. Ela contou que cerca de 30 pessoas estavam sendo atendidas no mesmo local.

O centro atingido pelo fogo também abriga uma UPA, Unidade de Pronto Atendimento, que recebe cerca de 900 pessoas diariamente.

O fogo teve início no segundo andar, onde funciona o dormitório e centro de refeição dos funcionários. Por volta das 17h, os bombeiros conseguiram controlar o incêndio. No início da noite, polícias e bombeiros darão início a perícia para saber as causas do incêndio.

Alguns pacientes foram transferidos para hospitais federais no Rio de Janeiro.

A unidade atende moradores da região da Barra da Tijuca e Jacarepaguá.

O estado e o município do Rio de Janeiro vivem uma grave econômica que impacta diversos setores da administração.
Desde 2016, o Estado está sob decreto de calamidade pública, com atrasos seguidos na folha de pagamentos de servidores, congelamento de investimentos e falta de verbas para itens básicos.

Tanto no âmbito municipal quanto no estadual. há falhas e improvisos na saúde, falta de verbas na educação e deterioração do sistema de transporte.

A segurança pública é um dos desdobramentos mais notáveis dessa crise financeira no Estado. Com a piora da segurança desde fevereiro deste ano, o estado está sob intervenção federal de sua segurança pública.
Entre as responsabilidades da intervenção federal está a de zelar pelo funcionamento do Corpo de Bombeiros do Rio. A corporação, porém, não é prioridade no plano de ação dos gestores.

Últimas Notícias

Confira a provável escalação do Vasco da Gama contra o Santos

Marcos Valadares agradece por chance no profissional e pede pelo apoio da torcida

Sonho do Vasco da Gama, Jorge Jesus recebeu 8 milhões de euros em seu último trabalho

O clube de São Januário ainda não formalizou uma proposta oficial mas pretende apresentar um projeto ao ex-treinador de Benfica e Sporting

Vasco da Gama quer o português Jorge Jesus como seu novo técnico

Nesta terça-feira, 23, Alexandre Faria conversou por alguns minutos por telefone com o treinador e iniciou os contatos para tentar contratá-lo.

The Noite recebe Marcelo Tas e jurados do “Batalha Makers”

Sobre os novos desafios de sua carreira, Marcelo Tas comenta sua estreia como apresentador do programa “Provocações”, na TV Cultura

‘Atentado ao Hotel Taj Mahal’ traz debate sobre intolerância religiosa

Baseado em história real, o longa conta com elenco majoritariamente indiano, incluindo o ator e diretor de Bollywood Anupam Kher

Vasco da Gama descarta Jair Ventura e Luxemburgo e busca inovação

O clube não descarta investir em um técnico estrangeiro e mapeia o mercado Sul-americano em busca de opções.

Garis do Rio de Janeiro suspendem greve

Categoria retoma atividades nesta terça-feira

Governo está negociando pontos da reforma na CCJ, diz líder

Para Joice Hasselmann, "espinha dorsal" da proposta deve ser mantida

Vasco da Gama se aproxima de Jair Ventura; Negociação envolve reforços de Carlos Leite

Empresário participa da negociação e pode trazer jogadores para o clube disputar o Brasileirão