Flamengo e Vasco fizeram um clássico movimentado na noite deste sábado no Mané Garrincha, em Brasília. Após o empate em 1 a 1, o treinador Maurício Barbieri concedeu entrevista coletiva e falou sobre o resultado que mantém o Fla na quarta colocação do Campeonato Brasileiro.

 

“A gente sabe que o clássico é um jogo a parte. Os números demonstram um equilíbrio. independentemente da condição do adversário, sabíamos que seria uma partida difícil. Eles procuravam uma jogo de bolas longas. A gente demorou a fazer a leitura de que esse seria o jogo deles. Tomamos o gol, e depois disso nos reequilibramos na partida. No segundo tempo voltamos melhor. A partir do momento que ficamos com um a menos, demonstramos valentia para buscar o resultado. Logo depois teve o episódio da lesão do jogador do vasco. Quero manifestar minha meu desejo de que o Bruno Silva possa se recuperar logo e voltar a desenvolver a sua atividade. A equipe se solidariza com ele. O jogo foi equilibrado, mas não fomos felizes na conclusão. Toda vez que jogamos aqui a torcida nos apóia, o gramado é muito bom. Sempre vamos jogar aqui com muito prazer pelo o que a torcida faz e por encontrar um gramado excelente”, analisou o treinador.

Barbieri também comentou sobre a opção por Uribe no time titular, esta foi a terceira partida consecutiva do atacante no comando do ataque rubro-negro.

“Todos os atacantes trabalham bastante e se dedicam. Nos treinamentos eles procuram melhorar. A gente busca escalar um ou outro de acordo com o adversário. Entramos com o Uribe, pois entendemos que ele se encaixaria melhor no jogo. É normal o torcedor querer o resultado e o time jogando pra frente. Temos que ter serenidade, os jogos são decididos nos últimos minutos.”

Flamengo e Vasco empataram em 1 x 1 - Foto: Foto: Staff Images / Flamengo
Flamengo e Vasco empataram em 1 x 1 – Foto: Foto: Staff Images / Flamengo

“Depois que a gente ficou com um homem a menos, tivemos que recuperar e roubar a bola longe do gol. A partir disso, precisamos de velocidade e não de uma homem de referência. E foi isso que buscamos com as alterações. A gente criou chances, o Arão mesmo teve uma oportunidade no final da partida”, concluiu Barbieri.

O Mais Querido volta a campo no próxima domingo (23), quando enfrenta o Atlético-MG, no Maracanã, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe seu Comentário