25.9 C
Rio de Janeiro
terça-feira, outubro 20, 2020
- Publicidade -

No Dia Mundial da Alimentação, FAO destaque futuro da migração

- Publicidade -
- Publicidade -

Todos os anos, Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, Celebra o Dia Mundial da Alimentação em de outubro.

Neste dia são organizados eventos em mais de 150 países. O objetivo é promover uma ação global em prol daqueles que oferecem uma fome e apelar à garantia da segurança alimentar e uma dieta nutritiva para todos.

Migração

- Publicidade -

) Este ano, o dia é dedicado à relação entre a migração, segurança alimentar e agricultura. Com o tema: “Mude o futuro da migração, invista em segurança alimentar e desenvolvimento rural”.

Em sua mensagem sobre o dia, o diretor-geral da agência, José Graziano da Silva, afirmou que um número crescente de pessoas forçadas e migrar. Isto deve-se principalmente um conflito, fome, pobreza, falta de acesso a recursos e ao impacto da mudança climática.

Comunidades

- Publicidade -

Em inglês, José Graziano da Silva disse que a FAO procura apoiar os países a investirem em meios de subsistência e comunidades rurais mais resilientes. Desta forma, as populações rurais podem ter a opção de ficarem na sua terra ou abandoná-la, se assim o quiserem.

Para a FAO, o objetivo mundial de alcançar a Fome Zero até 2030 não pode ser atingido sem abordar como inerente a segurança alimentar, o desenvolvimento rural e a migração.

Zonas Rurais

O investimento em desenvolvimento rural sustentável, adaptação à mudança climática e meios de subsistência resilientes nas zonas rurais é uma parte importante da resposta mundial ao atual desafio da migração.

Segundo a agência da ONU, um grande número de migrantes vem de áreas rurais, onde mais de 75% dos pobres e pessoas com insegurança alimentar dependente da agricultura de subsistência baseada em recursos natural.

Em 2015, havia 244 milhões de migrantes, um aumento de 40 % em relação ao ano de 2000. A maioria dos refugiados provém do Médio Oriente e Norte da África, Ásia Central, América Latina e Europa Oriental.

Roma

A FAO, junto com os seus parceiros, pretende ampliar o seu trabalho para aumentar a contribuição positiva dos migrantes, refugiados e deslocados internos para a redução da pobreza, segurança alimentar e nutrição.

Nesta segunda-feira, as celebrações do Dia Mundial da Alimentação decorrem na sede da FAO, em Roma, contando com a participação do papa Francisco e Ministros da Agricultura do grupo das economias sete mais industrializadas do mundo, G-7.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Produtor do musical sobre Alcione, Jô Santana conta detalhes do projeto no Trace Trends desta semana

Com apresentação de AD Júnior e Alberto Pereira Jr., o programa Trace Trends desta terça-feira (20) traz uma conversa...

Produtor do musical sobre Alcione, Jô Santana conta detalhes do projeto no Trace Trends desta semana

Com apresentação de AD Júnior e Alberto Pereira Jr., o programa Trace Trends desta terça-feira (20) traz uma conversa...

Record News Repórter conquista a liderança isolada na TV por assinatura

terça-feira, 20 de outubro de 2020 Record News Repórter conquista a liderança isolada na TV por assinatura No domingo, 18/10, a...

Praia da Reserva ganha Bandeira Azul, reconhecimento internacional de preservação ambiental

O Rio de Janeiro conquistou mais um reconhecimento internacional importante para a cidade: a concessão do certificado Bandeira Azul à Praia da Reserva, entre a Barra da Tijuca e o Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste.
- Publicidade -