23 C
Rio de Janeiro
terça-feira, junho 2, 2020

Ações estratégicas e projetos desenvolvidos pela Ascom obtiveram resultados expressivos na gestão da ministra Rosa Weber

- Publicidade -
- Publicidade -

22.05.2020 - Comunicação TSE

Núcleos de Imprensa, Rádio e TV, e Campanhas, Redes Sociais e Gestão de Conteúdos Web trabalharam de forma inovadora. Nas redes sociais, Tribunal chegou à marca de 400 mil novos seguidores e mais de 34 milhões de usuários alcançados

- Advertisement -

Durante a gestão da ministra Rosa Weber à frente da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Assessoria de Comunicação (Ascom) da Corte atuou de forma estratégica na produção de diversos conteúdos, campanhas, projetos e produtos informativos, com o objetivo de esclarecer e orientar o eleitor, bem como de incentivá-lo a participar de forma efetiva da democracia. Entre os destaques estão o novo Portal do TSE e as páginas da Justiça Eleitoral e das Eleições 2020; os hotsites #ParticipaMulher e Fato ou Boato?; as campanhas TSE contra Fake News – que recebeu em 2019 menção honrosa no Prêmio Innovare –, #DemocraciaTodoDia, #SeuVotoTemPoder e Mulheres na Política; e os programas de TV Conexão Eleitoral e Minuto da Checagem. Acesse a Carta de Serviços da Ascom.

Os três núcleos que compõem a Assessoria de Comunicação do TSE (Imprensa; Campanhas, Rede Sociais e Gestão de Conteúdo Web; e Rádio e TV) realizaram um trabalho inovador e alcançaram resultados expressivos. A seção de Imprensa produziu, de maio de 2018 a abril de 2020, 1.666 conteúdos informativos e 2.754 fotos para o Portal do TSE. Nas matérias veiculadas, foram abordadas informações de relevo ao eleitor, como temas relacionados às atividades jurisdicional e administrativa da Corte, ao enfrentamento da desinformação, à urna eletrônica e aos atos do TSE voltados a evitar a propagação do novo coronavírus (responsável pela pandemia da Covid-19).

As Redes Sociais também obtiveram resultados positivos e comprovaram sua importância para a comunicação efetiva com a sociedade. Os perfis oficiais do TSE no Facebook, no Twitter, no Instagram e no YouTube registraram, no período, quase 400 mil novos seguidores. Foram mais de 4,3 mil posts, que alcançaram cerca de 34 milhões de usuários. Da mesma forma, o Portal do TSE, principalmente depois de sua reformulação, aumentou sua visualização em 100%.

O Núcleo de Rádio e TV também colheu frutos do trabalho efetivo. A equipe reformulou sua grade de programação e intensificou sua participação no YouTube. Isso se refletiu no número de inscritos do canal, que saltou de 20 mil para quase 100 mil. Além disso, o canal do TSE acumula mais de 23 milhões de visualizações. Na atual gestão, foram produzidos 1.380 conteúdos para TV.

Veja mais

Comentários

Conteúdo Recomendado
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

- Publicidade -

Leia Também

Acordo dos planos econômicos é prorrogado por 30 meses prorrogáveis pelo mesmo período

Acordo dos planos econômicos é prorrogado por 30 meses prorrogáveis pelo mesmo período O Supremo Tribunal Federal (STF) homologou o Termo Aditivo ao Acordo Coletivo...

Ministro acolhe manifestação da PGR e rejeita apreensão de celular do presidente Jair Bolsonaro

Ministro acolhe manifestação da PGR e rejeita apreensão de celular do presidente Jair Bolsonaro O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), acolheu...

Presidente do TSE discute com médicos impacto da pandemia nas eleições

Especialistas em saúde pública falaram sobre perspectivas até o final do ano ...
- Publicidade -
Comentários