26.5 C
Rio de Janeiro
terça-feira, outubro 20, 2020
- Publicidade -

Coluna – Qual o legado de Jorge Jesus no futebol brasileiro?

- Publicidade -
- Publicidade -

Seis rodadas do Campeonato Brasileiro. E o que vemos de novidade no futebol brasileiro? Ou ainda, o que vemos do que vimos no ano passado, quando um mágico Flamengo ganhou o Brasileirão e a Copa Libertadores, algo só realizado pelo Santos de Pelé, em 1962 e 1963? Onde está a alegria do futebol brasileiro, a vibração que vivenciamos em algumas partidas do Brasileirão, em especial, quando o Flamengo do português Jorge Jesus estava em campo?

São outros tempos. A bola parou de rolar, as férias foram no meio do ano, não temos torcida, a pandemia do novo coronavírus segue nos ameaçando, tudo isso podemos, e devemos, levar em conta. Mas, e o desempenho dos jogadores, a intensidade dos treinos, a novidade tática, a improvisação?

- Publicidade -

Dois parágrafos, muitas perguntas, mas ainda cabe mais um questionamento: que lição o Jorge Jesus deixou que esteja sendo utilizada por aqui? Se havia uma –  a do não rodízio de jogadores em cada competição – nem essa prevalece. Inclusive no próprio Flamengo.

Aliás, acho fundamental que não se queira comparar o Flamengo de 2019 com o atual. Não só por todas as situações listadas acima, como também porque o grupo é outro, além do técnico.

- Publicidade -

A chegada de Jorge Jesus ao Brasil provocou polêmicas, muitos criticaram o investimento do Flamengo em um técnico estrangeiro, houve piadas, provocações e, por que não, ciúmes. O fato é que o técnico, com títulos conquistados em Portugal e sem voos mais altos pela Europa, mostrou que havia muito a ensinar. Marcação alta, busca incessante pelo ataque e por muitos gols. Com um time de grandes jogadores, em fase excepcional e, talvez, num momento especial na carreira, a fórmula deu muito certo. E o que chamava a atenção? Os titulares não eram poupados, uma prática corriqueira no nosso futebol.

JJ se foi e, verdade seja dita, antes mesmo de partir, depois de conquistar mais dois títulos – a Supercopa e a Recopa Sul-Americana -, o Flamengo dele já não era o mesmo. Ganhou o Campeonato Carioca, mas, nos jogos finais, não brilhou.

Veio o Brasileirão. E além da ideia da marcação alta, para dificultar a saída de bola do adversário, nada mais se vê por aqui. Com poucos craques para definir jogos – ideia que sempre prevaleceu -, vemos partidas arrastadas, lances bisonhos que se tornam motivos de piada na internet. Nenhum time sequer mostra condicionamento físico para aplicar um ritmo mais intenso.

A média de gols é baixa, de 2,07 por partida – ano passado foi de 2,31 e, a mais baixa, da era dos pontos corridos, foi 2,15 (2018).

É triste imaginar que a tendência é piorar. Setembro chegou e vamos ver como os clubes reagirão a tantos jogos pela frente, sem tempo para treinar. Quem tiver mais alternativas de qualidade no grupo de jogadores sentirá menos essa sequência. Isso é mais do que certo.

Como é certo, também, que as lições de Jorge Jesus ou não foram assimiladas, ou o futebol brasileiro não tem condições de implantá-las.

* Por Sergio du Bocage, apresentador do programa “No Mundo da Bola”, da TV Brasil

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Taboola lança Creative Shop, aproveitando décadas de dados em otimização de publicidade

Taboola anunciou hoje o lançamento do The Taboola Creative Shop, o primeiro programa global para ajudar marcas e agências de mídia a executar e otimizar campanhas publicitárias veiculadas em sua rede.

Últimas Notícias

Documentário da HBO Assassinato em Middle Beach estreia em novembro

A HBO lança o documentário de quatro episódios ASSASSINATO EM MIDDLE BEACH, no domingo, 15 de novembro, na HBO e na HBO GO. Dirigida por Madison...

SBT exibe mais uma rodada da Copa Libertadores da América nesta quarta-feira

terça-feira, 20 de outubro de 2020 SBT exibe mais uma rodada da Copa Libertadores da América nesta quarta-feira Nesta quarta-feira, 21 de...

Taboola lança Creative Shop, aproveitando décadas de dados em otimização de publicidade

Taboola anunciou hoje o lançamento do The Taboola Creative Shop, o primeiro programa global para ajudar marcas e agências de mídia a executar e otimizar campanhas publicitárias veiculadas em sua rede.

DC Showcase Batman: Morte na Família foi lançado no formato coletânea com outros títulos

Cinco incríveis histórias dos clássicos da DC, incluindo o primeiro filme interativo na história da Warner Bros. Home Entertainment, foram...

Fabio La Pietra se junta a Márcio Silva e Marina Person para avaliar drinks do segundo episódio do “Bar Aberto”

A partir desta semana, a Band leva ao ar o reality show Bar Aberto em novo dia e horário: quintas-feiras às...

Série América Latina Selvagem revela segredos dos Andes

Nesta quarta (21), às 20h40, a TV Brasil exibe o quinto episódio inédito da série documental América Latina Selvagem...

Little Mix irá comandar o MTV EMA 2020

A MTV acaba de confirmar que as superstars do pop, Little Mix, irão comandar o MTV EMA 2020 e também farão uma performance de Sweet Melody, single do próximo...

Taboola lança Creative Shop, aproveitando décadas de dados em otimização de publicidade

Taboola anunciou hoje o lançamento do The Taboola Creative Shop, o primeiro programa global para ajudar marcas e agências de mídia a executar e otimizar campanhas publicitárias veiculadas em sua rede.
- Publicidade -