23.7 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, setembro 25, 2020
- Publicidade -

Confira as prováveis escalações de Botafogo x Vasco da Gama

- Publicidade -
- Publicidade -

Vivendo a expectativa pela partida de estreia na Conmebol Sul-Americana, na próxima quarta-feira (05/02), às 21h30, contra o Oriente Petrolero (BOL), em São Januário, o Vasco da Gama entra em campo neste domingo (02) para medir forças com o Botafogo, às 16 horas, no Estádio Nilton Santos. O jogo é válido pela quinta rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca.

Para o duelo contra o Alvinegro, o treinador Abel Braga não contará com força máxima. Titulares contra a Cabofriense, o zagueiro Leandro Castan, os laterais Yago Pikachu e Henrique, o volante Raul, o meio-campista Gabriel Pec e o atacante Germán Cano não foram relacionados pela comissão técnica. A tendência é que o Gigante da Colina entre em campo com um time alternativo.

Uma das apostas para o clássico é o atacante Vinícius. O prata da casa entrou no segundo tempo do compromisso passado e criou as principais jogadas de perigo da equipe cruzmaltina, o que o levou a deixar o gramado aplaudido pela torcida. O jovem de 18 anos chegou ao Vasco da Gama em 2016 e fez sua estreia justamente diante do Botafogo, em partida do Campeonato Carioca sub-15. Na ocasião, Vinícius marcou um dos gols do triunfo por 2 a 1.

BOTAFOGO X VASCO – 02/02/2020 – CAMPEONATO ESTADUAL

- Publicidade -

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Fernando (Barrandeguy), Marcelo Benevenuto, Carli e Guilherme Santos; Cícero, Thiaguinho e Bruno Nazário; Luiz Fernando, Pedro Raul e Luis Henrique. Técnico: Alberto Valentim.

VASCO: Lucão; Cayo Tenório, Ulisses, Miranda e Alexandre Melo; Andrey, Lucas Santos, Marcos Júnior e Juninho (Vinícius); Tiago Reis e Ribamar. Técnico: Abel Braga.

JOGADORES RELACIONADOS PARA A PARTIDA CONTRA A BOTAFOGO:

1- Fernando Miguel (G)- 34 anos- Venâncio Aires (RS)- 1,92 m- 73 jogos e 00 gol- Vasco desde 2018

55- Fintelman (G)- 18 anos- Petrópolis (RJ)- 1,94 m- Ainda não estreou- Vasco desde 2015

56- Lucão (G)- 18 anos- Barra Mansa (RJ)- 1,90 m- Ainda não estreou- Vasco desde 2013

41- Cayo Tenório (LD)- 20 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,72 m- 01 jogo e 00 gol- Vasco desde 2012

44- Nathan (LD)- 18 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,83 m- Ainda não estreou- Vasco desde 2017

3- Werley (Z)- 31 anos- Oliveira (MG)- 1,84 m- 58 jogos e 00 gols- Vasco desde 2018

31- Ulisses (Z)- 20 anos- São Paulo (SP)- 1,83 m- 02 jogos e 00 gol- Vasco desde 2017

35- Miranda (Z)- 20 anos- Duque de Caxias (RJ)- 1,81 m- 03 jogos e 00 gol- Vasco desde 2006

48- Menezes (Z)- 19 anos- Salvador (BA)- 1,83 m- Ainda não estreou – Vasco desde 2017

16- Alexandre (LE)- 20 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,80 m- 02 jogos e 00 gols- Vasco desde 2015

45- Riquelme (LE)- 17 anos- Barra Mansa (RJ)- 1,75 m – Ainda não estreou- Vasco desde 2012

15- Andrey (M)- 21 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,75 m- 70 jogos e 07 gols- Vasco desde 2004

18- Bruno Gomes (M)- 18 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,75 m- 11 jogos e 01 gol- Vasco desde 2015

20- Marcos Jr (M)- 24 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,75 m- 32 jogos e 04 gols- Vasco desde 2019

28- Lucas Santos- 20 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,64 m- 15 jogos e 00 gols-Vasco desde 2004

46- Caio Lopes (M)- 19 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,80 m- Ainda não estreou- Vasco desde 2015

50- Juninho (M)- 19 anos- Nova Iguaçu (RJ)- 1,75 m- 03 jogos e 00 gol- Vasco desde 2016

7- Marrony (A)- 20 anos- Volta Redonda (RJ)- 1,84 m- 74 jogos e 11 gols- Vasco desde 201

59- Ribamar (A)- 22 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,84 m- 37 jogos e 04 gols- Vasco desde 2019

11- Talles Magno (A)- 17 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,86 m- 19 jogos e 02 gols- Vasco desde 2012

27- Tiago Reis (A)- 20 anos- Brasília (DF)- 1,84 m- 25 jogos e 06 gols- Vasco desde 2018

40- Kaio Magno (A)- 20 anos- Rio de Janeiro (RJ)- 1,88 m- Ainda não estreou- Vasco desde 2012

49- Vinícius (A)- 18 anos- São João de Meriti (RJ)- 1,70 m- 03 jogos e 00 gol- Vasco desde 2016

INFORMAÇÕES SOBRE OS JOGADORES RELACIONADOS PARA O JOGO:

Fernando Miguel (G): Acertou com o Vasco da Gama em 2018 após algumas temporadas de sucesso no Vitória (BA) e assumiu a titularidade na reta final do Brasileirão do mesmo ano, tendo papel decisivo na permanência cruzmaltina na Série A. Se manteve como titular do Gigante da Colina na temporada passada, encerrando a mesma, inclusive, com o melhor aproveitamento de pontos do grupo cruzmaltino (60%); 

Lucão (G): Com passagens por todas as categorias de base da Seleção Brasileira, o goleiro Lucão vem sendo relacionado para partidas do time profissional desde o ano passado. O jovem de 18 anos é natural de Barra Mansa e defende as cores do Gigante da Colina desde 2013. Estudante do Colégio Vasco da Gama, Lucão fez parte do time sub-20 que terminou a Copa São Paulo de 2019 na segunda colocação. O arqueiro também foi campeão do Torneio de Toulon com a Seleção Olímpica na temporada passada;

Fintelman (G): Titular do Vasco da Gama na última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o goleiro Alexandre Fintelman chegou ao Gigante da Colina em 2015, para defender a categoria infantil. O garoto foi descoberto pelo clube quando realizava treinamentos na Cabofriense. Fintelman foi relacionado pela primeira vez para um jogo do profissional na rodada passada, quando o Almirante venceu a Cabofriense no Espírito Santo. O jovem é natural de Petrópolis e também chegou a ser titular nas equipes sub-15 e sub-17;

Cayo Tenório (LD): Tem 20 anos e chegou ao clube em 2012. Foi campeão carioca pelo Vasco nas categorias sub,13, sub-15, sub-17 e sub-20. Era atacante no início da carreira, mas foi deslocado para a lateral-direita e começou a se destacar. Também fez parte do time vice-campeão da Copinha em 2019. Chegou a treinar ano passado entre os profissionais, mas só agora foi promovido de vez. Estreou no clássico contra o Flamengo. Uma curiosidade é que o sobrenome dele não é “Tenório” e passou a ser chamado assim por conta da semelhança com o atacante equatoriano Carlos Tenório, que jogou no Vasco entre os anos de 2012 e 2013;

Nathan (LD): Jogava na Portuguesa (RJ), se destacou contra o Vasco em 2017 e acabou sendo contratado pelo clube em maio do mesmo ano. Demorou a se firmar, mas em 2018, com o técnico Celso Martins, tornou-se titular absoluto do time sub-17. Foi bem tanto na Copa do Brasil quanto na Taça Belo Horizonte. Começou como titular na Copinha 2019, depois perdeu a vaga para o Cayo Tenório, mas seguiu sendo utilizado pelo sub-20. Já despertou interesse de clubes europeus e chegou a ser observado por Luxemburgo, mas não chegou a ser relacionado. Pode fazer a estreia entre os profissionais;

Werley (Z): Assim como Fernando Miguel, Werley chegou ao Gigante da Colina em 2018 e assumiu a titularidade durante a disputa do Campeonato Brasileiro. Se manteve entre os 11 iniciais durante o primeiro semestre, formando com Leandro Castan a dupla de zaga que levou o Cruzmaltino ao título invicto da Taça Guanabara. Se machucou e acabou perdendo a posição para Oswaldo Henríquez durante o Brasileirão. Agora, com a saída do colombiano, assumiu o posto de titular da zaga vascaína;

Ulisses (Z): Chegou ao Vasco em 2017 após se destacar pela equipe sub-17 do Diadema (SP) e rapidamente assumiu a titularidade do sub-20 cruzmaltino, sendo o companheiro de Ricardo Graça na conquista do Campeonato Carioca sub-20 do mesmo ano. Teve a primeira experiência no profissional em 2018, após ter boas atuações na Copinha, chegando a ser relacionado pelo então técnico Zé Ricardo. Só foi promovido, porém, por Vanderlei Luxemburgo, no ano passado, também após se destacar na campanha do time vice-campeão da Copinha. Já tem duas partidas pelo time principal, sendo a última delas o clássico contra o Flamengo;

Miranda (Z): Chegou em 2006 para o futsal do Vasco e formou-se no Colégio Vasco da Gama. Sempre foi destaque e titular da geração 2000. Além da qualidade técnica e de saber sair jogando, chama atenção pela liderança. Sempre foi capitão de sua safra.  Foi campeão de tudo praticamente no futsal e acumula convocações para as Seleções Brasileiras sub-15 e sub-17. Viveu seu auge na temporada passada como titular da equipe que foi à final da Copinha, mas estreou no profissional antes, em 2018, num jogo contra o Internacional. Também esteve em campo no clássico contra o Flamengo, semanas após ser elogiado publicamente pelo técnico Abel Braga;

Menezes (Z): Natural de Salvador, na Bahia, João Menezes chegou ao Vasco da Gama em 2017 após passagem pelo Fluminense para reforçar o sistema defensivo, que tinha perdido algumas peças importantes na temporada em questão. Desde então nunca mais perdeu a titularidade dentro de sua geração, disputou sua primeira Copinha em 2020 e formou dupla com Miranda. É uma das apostas da categoria, já que Ulisses subiu definitivamente e o Miranda está cotado para seguir no profissional. Ainda não jogou peo profissional;

Alexandre (LE): O lateral-esquerdo Alexandre foi promovido aos profissionais na temporada passada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo e fez sua estreia na reta final do Brasileiro, diante do Goiás, em São Januário. Contratado pelo clube em 2015, o jovem de 20 anos foi descoberto na Taça das Favelas após jogar por uma equipe de sua comunidade, a Vila Aliança, em Santíssimo. Campeão estadual pelo time cruzmaltino nas categorias sub-17 e sub-20, Alexandre também esteve no grupo que ficou em segundo lugar na Copinha 2019. Além de atuar na lateral, o garoto também atua no meio-campo. Foi utilizado pela última vez no clássico contra o Flamengo;

Riquelme (LE): Está no Vasco desde 2012, é da geração de Talles Magno (2002). Tem convocações para as seleções sub-15 e sub-17. Quando chegou ao clube, atuava como meia-esquerda. Mas, pela característica, foi recuado para a lateral. Viveu seu auge em 2018, quando o Vasco foi semifinalista da Taça Belo Horizonte. Essa boa participação o credenciou para disputar a Copinha do ano passado. Não era titular do time – Alexandre, hoje no profissional, era o dono da posição – mas sempre entrava e deu assistência para Tiago Reis na decisão da Copinha 2019, contra o São Paulo. Sempre foi visto como promessa, no ano passado realizou treinos no time profissional, mas apenas na atual temporada começou a ser relacionado. Ainda não estreou;

Andrey (M): Iniciando sua quinta temporada na equipe profissional do Gigante da Colina, Andrey está a um gol de igualar Romulo (08 gols em 106 jogos) e dividir o posto de volante oriundo da base com mais gols pelo Vasco no Século 21. O camisa 15 aparece na segunda colocação com 07 gols, o mesmo número de tentos que Ygor, que disputou 152 jogos entre 2003 e 2007. O prata da casa marcou pela última vez na partida contra o Internacional, em São Januário, no ano passado, pelo Brasileirão;

Bruno Gomes (M): Titular do time vice-campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019, Bruno Gomes iniciou sua trajetória do Vasco em 2015, quando foi contratado após se destacar na Portuguesa (RJ). Nascido em 2001, o talento volante de 18 anos não demorou muito para ser tornar um dos pilares de sua geração. Foi promovido ao sub-20 no final do ano passado, após ter feito uma temporada espetacular na equipe sub-17, e foi premiado no mesmo período com uma renovação contratual até a temporada de 2021. Possui passagem pela Seleção Brasileira. A estreia nos profissional foi no ano passado, mas apenas agora, com Abel Braga, está tendo uma sequência no time titular;

Caio Lopes (M): Começou no futsal do Vasco, passou por alguns clubes do Rio, voltou ao clube em 2015 após período no Audax Rio. O retorno à Colina foi na posição de zagueiro, mas passou a primeiro volante pela qualidade no passe e visão de jogo. Se firmou na geração 2000, a mesma do atacante Paulinho, hoje no Bayer Leverkusen. Conseguiu destaque e várias convocações para as seleções sub-15 e sub-17. Perdeu o Sul-Americano Sub-17 por conta de um acidente com o ônibus do Vasco, o mesmo em que Vinícius se envolveu. Foi um dos que mais se machucou – teve de fazer enxerto no joelho – e acabou perdendo espaço na Seleção. Subiu para o sub-20, foi destaque no time vice-campeão da Copinha, passou a ser observado pela categoria profissional, mas acabou não tendo espaço. Retornou aos juniores, passou a atuar como camisa 10 e voltou a jogar muito bem na Copa São Paulo, desta vez em 2020;

Lucas Santos (M): Lucas Santos iniciou sua trajetória no Vasco da Gama em 2004, nas quadras anexas do Complexo Esportivo de São Januário. Ganhou tudo que podia no futsal e repetiu o mesmo feito nos gramados, participando de títulos estaduais nas categorias sub-13, sub-15, sub-17 e sub-20. A primeira oportunidade no profissional veio em 2018, mas foi ano seguinte, 2019, que o meio-campista viveu seu auge. Foi ele o grande destaque do time sub-20 que conquistou o vice-campeonato da Copa São Paulo. As boas atuações o fizeram ser promovido de vez ao grupo principal. No segundo semestre do ano passado, o prata da casa foi emprestado ao CSKA, da Rússia, e retornou agora, no início de ano, para reforçar o Almirante na temporada;

Marcos Jr (M): Titular em grande parte da disputa do Campeonato Brasileiro, Marcos Jr chegou ao Vasco no ano passado após se destacar no Campeonato Carioca pelo Bangu, sendo eleito, inclusive, para a seleção do tradicional torneio estadual. Em 2019, além de figurar entre os 11 iniciais do técnico Vanderlei Luxemburgo, o meio-campista também foi decisivo marcando gols importantes, como, por exemplo, nas vitórias sobre Goiás e Atlético Mineiro. Ele deixou sua marca pela última vez no empate em 4 a 4 contra o Flamengo;

Juninho (M): Veloz, de bom poder de marcação e com chutes de longa distância como um de seus trunfos, Juninho foi um dos destaques vascaínos na Copinha e foi titular em duas das três últimas partidas da equipe profissional. Sempre foi volante e no início de sua trajetória jogava como primeiro homem de meio-campo. Chegou ao Vasco para a categoria sub-15 em 2016 após passagens por Flamengo e Volta Redonda. Rapidamente virou titular e se destacou dentro de sua geração (2001). Antes de sobressair nos campos, o jovem de Comendador Soares (em Nova Iguaçu) vendeu bala no sinal, doces nos ônibus e DVD na rua. Ficou conhecido por comemorar gols tapando um dos olhos em homenagem ao irmão Matheus, de 7 anos. O pequeno perdeu um dos olhos devido a um câncer;

Marrony (A): Descoberto pelo Vasco da Gama na temporada de 2015, Marrony é natural de Volta Redonda e foi campeão estadual nas categorias sub-17 e sub-20 antes de ser promovido aos profissionais, em 2018. No mesmo ano, ao lado do também vascaíno Lucas Santos, foi convocado pelo técnico Tite para participar da preparação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo da Rússia. Se firmou na equipe principal, porém, apenas no ano passado, encerrando a temporada como artilheiro do Gigante da Colina, com 10 gols, ao lado de Yago Pikachu. Marrony foi também o jogador que mais entrou em campo (58 vezes) e mais realizou desarmes durante 2019;

Ribamar (A): Em São Januário desde o ano passado, Ribamar encerrou a pré-temporada cruzmaltina como grande destaque, tendo em vista que marcou quatro gols nos dois testes que o Gigante da Colina teve antes da estreia no Campeonato Carioca. Já balançou as redes quatro vezes em 37 partidas pelo clube de São Januário, sendo a última delas no empate em 4 a 4 com o Flamengo, pelo Brasileirão do ano passado. Foi titular pela última vez contra o Rubro-Negro, na segunda rodada da Taça Guanabara, quando utilizou a braçadeira de capitão do Vasco pela primeira vez;

Talles Magno (A): Grande promessa das divisões de base, Talles Magno acumula convocações para as categorias de base da Seleção Brasileira e fez parte do grupo que conquistou a Copa do Mundo sub-17 no ano passado. Ele soma dois gols em 19 partidas pelo time profissional do Vasco da Gama, onde estreou em 2019, sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo. Em São Januário desde 2012, o garoto é o atleta mais jovem a atuar pelo Cruzmaltino no Século 21 e o segundo jogador mais jovem a marcar pelo clube no Século 21. Em 2020, para homenagear um dos seus ídolos, o baixinho Romário, escolheu utilizar a camisa 11;

Vinícius (A): Chegou em 2016 depois de se destacar pelo Madureira contra o Vasco. Estreou no mesmo dia em que Juninho, contra o Botafogo – ambos marcaram gols. Se tornou destaque no sub-15 e sub-17. Fez parte do grupo vice-campeão da Copinha em 2019. Era reserva, mas entrava constantemente. Se tornou titular no sub-20 após as promoções de Talles Magno e Tiago Reis para o time profissional e voltou a se sair bem na Copa São Paulo de 2020. Chama atenção pela habilidade e velocidade. Foi relacionado por Vanderlei Luxemburgo em alguns jogos do time profissional em 2019, mas apenas no atual temporada estreou entre os profissionais. Foi utilizado nos últimos quatro jogos do Carioca;

Tiago Reis (A): Natural de Brasília, Tiago Reis foi um dos destaques ofensivos do Vasco na temporada 2019. Nenhum outro jogador balançou as redes mais que o camisa 27 considerando as duas principais categorias do clube. Foram seis gols pelo profissional e outros nove pelo sub-20, onde se sagrou vice-campeão da Copa São Paulo. O início do jovem centroavante no time principal foi superior ao de alguns ídolos, casos de Roberto Dinamite, Romário, Edmundo e Valdir. Ele chegou ao clube em 2018;

Kaio Magno (A): Irmão do mais novo xodó da torcida, o talentoso Talles, Kaio Magno, de 20 anos, chegou em São Januário em 2012 e faz parte da Geração 99, a mesma do hoje titular Marrony. Autor do gol título do Torneio Guilherme Embry sub-14 de 2013, Kaio Magno também participou das conquistas dos estatuais sub-17 (2015) e sub-20 (2017) e retornou ao Vasco no primeiro semestre do ano passado após disputar a Copa São Paulo com a camisa do Ceará. Passou a treinar entre os profissionais em 2019, a pedido de Vanderlei Luxemburgo, e foi relacionado para alguns jogos do Brasileiro, porém ainda não fez sua estreia no time principal

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Notícias Impressionantes mostra no Top 10 as imagens que bombaram na Internet e nas Redes Sociais

sexta-feira, 25 de setembro de 2020Notícias Impressionantes mostra no...

Eliana e Wanessa Camargo são as convidadas do Programa da Maisa neste sábado

Neste sábado, 26 de setembro, a partir das 14h15,...

Horóscopo de sábado 26 de setembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo para o dia 26 de setembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Últimas Notícias

Notícias Impressionantes mostra no Top 10 as imagens que bombaram na Internet e nas Redes Sociais

sexta-feira, 25 de setembro de 2020Notícias Impressionantes mostra no Top 10 as imagens que bombaram na Internet e...

No Câmera Record deste domingo especialistas analisam o comportamento de serial killers

Entender a mente de quem mata com extrema frieza é o desafio dos especialistas criminais que o Câmera Record reuniu no...

Eliana e Wanessa Camargo são as convidadas do Programa da Maisa neste sábado

Neste sábado, 26 de setembro, a partir das 14h15, o Programa da Maisa começa com um desafio do chef Carlos Bertolazzi, onde...

Horóscopo de sábado 26 de setembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo para o dia 26 de setembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

Notícias Impressionantes mostra no Top 10 as imagens que bombaram na Internet e nas Redes Sociais

sexta-feira, 25 de setembro de 2020Notícias Impressionantes mostra no...

Eliana e Wanessa Camargo são as convidadas do Programa da Maisa neste sábado

Neste sábado, 26 de setembro, a partir das 14h15,...

Horóscopo de sábado 26 de setembro de 2020

Confira a previsão do horóscopo para o dia 26 de setembro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.

TNT, SPACE e Esporte Interativo exibem fase de Playoffs da UEFA Champions League 2020-21

A TNT, SPACE, o EI Plus e o Facebook Watch do Esporte Interativo transmitem ao vivo e...
- Publicidade -