21 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, setembro 25, 2020
- Publicidade -

Vasco da Gama perde para Cabofriense e torcida pede saída de Abel

- Publicidade -
- Publicidade -

O Vasco da Gama perdeu nesta sexta-feira (31/1) por 1 a 0 para Cabofriense, em São Januário, pelo Campeonato Carioca.

Irritada a torcida xingou Alexandre Campello, vaiou o time, e pediu a saída de Abel Braga, que foi xingado de burro.

Com o resultado, o Vasco segue atrás de Fluminense, líder do Grupo B, com 12 pontos, Volta Redonda e Madureira, ambos com nove pontos. Faltam duas rodadas para o fim da competição, que definirá o primeiro finalista do Campeonato Carioca.

Em entrevista Abel Braga assumiu a culpa pelo desempenho da equipe: “Também não estou gostando da maneira que o meu time está jogando, vamos tentar buscar um solução bem rápida para quarta-feira”.

- Publicidade -

O próximo compromisso do Gigante da Colina será neste domingo (2/2), diante do Botafogo, às 16h, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

A primeira chance veio logo com 1 minuto. Castan arrancou pela esquerda, foi ao fundo e cruzou. A zaga afastou mal e sobrou para Cano, que bateu fraco. Aos 11, Raul avançou pela direita, invadiu a área e rolou para trás.

Pec chegou batendo de primeira, mas mandou por cima do gol. Aos 25, Pikachu cobrou falta rasteiro, no canto do goleiro, que fez boa defesa. 
Aos 36, Talles Magno carrega na entrada da área e solta a bomba, mandando muito perto do gol. Aos 46, o adversário abriu o placar de pênalti: 1 a 0.

O Cruzmaltino voltou buscando o empate no segundo tempo. A primeira boa chance veio aos 7. Marrony recebeu na entrada da área e bateu pra fora.

Aos 19, Cano encheu o pé em cobrança de falta e a bola passou muito perto do gol, tirando tinta da trave. Aos 24, Vinícius foi lançado na direita, invadiu a área e foi derrubado pela zagueiro, mas o árbitro mandou seguir. Dois minutos depois, Cano recebeu na área, dá drible da vaca no zagueiro e chutou forte, mas o goleiro faz boa defesa. 

Aos 27, Pikachu recebeu de Vinícius e cruzou para trás. O zagueiro tentou afastar e quase marcou contra. Aos 42, Cano pega sobra de bola na área e solta a bomba, obrigando o goleiro a fazer linda defesa. Aos 44, Talles recebeu limpo de Vinícius, mas mandou pra fora.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

- Publicidade -