26 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, outubro 29, 2020
- Publicidade -

Protesto em frente ao consulado dos EUA denuncia golpes, procedimentos e bloqueios

- Publicidade -
- Publicidade -
- Advertisement -

Cerca de 50 manifestantes protestaram na manhã desta sexta-feira (16) em frente ao Consulado dos Estados Unidos em São Paulo (SP) para denunciar ações do imperialismo na América Latina.

Sindicalistas, estudantes e ativistas de dezenas de associações, movimentos e partidos de esquerda chamaram a atenção para as guerras e intervenção dos Estados Unidos no continente, assim como os bloqueios dissipados em Cuba, Venezuela, Síria e Irã.

“Denunciamos como guerras e genocídio praticado pelo governo dos Estados Unidos no Oriente Médio, violência contra o povo palestino, e também a presença e participação dos EUA no último ciclo de golpes de Estado na América Latina: Honduras , em 2019, Paraguai, em 2012, Brasil, em 2016, e Bolívia, em 2019, além das várias de golpe na Venezuela “, relata um dos manifestantes, Marcelo Buzetto, militante e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

O governo Bolsonaro e seu aliado, o presidente dos EUA, Donald Trump, foram os principais alvos. Para os manifestantes, o presidente brasileiro é submisso aos interesses estadunidenses e representa uma ameaça à soberania nacional. “Esse não foi um ato contra o povo dos EUA, mas contra seu governo”, esclarece Buzetto.

Participaram do protesto integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB), da Intersindical, da União Nacional dos Estudantes (UNE), da União da Juventude Socialista (UJS), da União da Juventude Rebelião (UJR), do Partido Comunista Revolucionário (PCR), do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), da Esquerda Marxista, vinculada ao PSOL, da Marcha Mundial das Mulheres e da organização Liberdade e Luta.

) As associações se comprometem a planejar um novo ato anti-imperialista em 31 de março, no mesmo local. Um dado é uma referência ao golpe civil-militar que derrubou o governo João Goulart e abriu caminho para uma ditadura apoiada pelos EUA, em 1964.



Presidente brasileiro também foi criticado por sua submissão a Trump / Divulgação / Semana Anti-Imperialista / Divulgação / Semana Anti-Imperialista

A atividade faz parte da programação da Semana Anti-Imperialista , realizada entre os dias 5 e 03 de outubro, organizada por movimentos populares de todo o mundo. O protesto em São Paulo foi remarcado em razão da chuva.

A Semana foi organizada pelas organizações Alba Movimentos e Assembleia Internacional dos Povos, em parceria com a Via Campesina, Marcha Mundial de Mulheres, MST, plataforma Via Democrática (Marrocos), partidos comunistas do Nepal, da Espanha e de Portugal, Partido dos Trabalhadores da Tunísia, Partido Socialista da Zâmbia, Partido da Esquerda Europeia, Sindicato Nacional de Metalúrgicos da África do Sul e Frente Pátria Grande da Argentina.

Edição: Leandro Melito


- Publicidade -

Veja Também

Últimas Notícias

Filmes na Record TV de 31/10 a 01 de novembro de 2020

Cine AventuraSábado, dia 31/10 – 15h“O Tigre e o Dragão”  HD com audiodescriçãoTítulo Original: Crouching Tiger, Hidden DragonElenco: Yun-Fat Chow, Michelle Yeoh, Ziyi Zhang, Chen Chang, Pei-Pei Chang, Sihung Lung, Li Li, Fazeng...
- Publicidade -

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Réveillon Rio 2021 será pago integralmente pela iniciativa privada

SRCOM foi a única empresa a apresentar proposta, com projeto que cumpre todos os requisitos exigidos pela Riotur, para a virada carioca

Alunos e professores de escolas públicas do Rio poderão ganhar ingressos para eventos

Projeto de lei prevê a doação por parte das empresas que recebem incentivos fiscais

Megaoperação no Complexo da Maré dura mais de 10 horas; mulher grávida é baleada

Moradores do Complexo de favelas da Maré amanheceram nesta terça-feira, 27, com uma megaoperação policial em suas portas. A operação começou por volta das 5h...

Rio de Janeiro inicia censo da população em situação de rua

Com o censo, a Prefeitura espera sensibilizar Justiça, Mninistério Público e Defensoria Pública para, juntos com o Município, desenvolver ações para reinserir essas pessoas no mercado de trabalho.

Shopping Jardim Guadalupe inaugura nova sede do Blindando Vidas

Projeto oferece aulas gratuitas de artes marciais para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade desde 2017
- Publicidade -