23.5 C
Rio de Janeiro
terça-feira, outubro 20, 2020
- Publicidade -

Dia D de Multivacinação terá mais de 151 pontos de imunização em Salvador (BA)

- Publicidade -
- Publicidade -

Até o dia 29 de outubro, duas campanhas de vacinação estão disponíveis para crianças e adolescentes até 15 anos. A ação teve início no último dia 5 e traz a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional Multivacinação para atualização da caderneta de vacinação das crianças e adolescentes.

Neste sábado (17), será o dia D de mobilização e divulgação da campanha Em Salvador, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) , 151 pontos de imunização e dois drives thru , na Arena Fonte Nova e no Atakarejo de Fazenda Coutos, funcionarão das 08 Como 17 horas. “Jovens e adultos de 17 a 49 anos também devem buscar os pontos de imunização para se protegerem contra o sarampo ”, informou um SMS.

- Publicidade -

Leia também : “Vacinação é uma questão de responsabilidade social”, afirma cientista da Unicamp

O público-alvo da campanha contra poliomielite são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber uma Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham obtido a liberação as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. Crianças menores de 1 ano (de 29 dias até 10 meses) deve ser vacinadas seletivamente com um VIP, conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

- Publicidade -

Será possível também atualizar o esquema vacinal de menores de 14 anos que está incompleto ou que não foram vacinados com os imunizantes do calendário básico , podendo ser aplicado como vacinas: BCG; Hepatite B; Pentavalente; Rotavírus; Pneumococo; Febre Amarela; Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola); Tetra Viral (sarampo, caxumba e rubéola e varicela); Meningocócica ACWY; HPV. Serão aplicada de acordo com calendário e idades indicadas, a serem informadas nos pontos de imunização.

Nos últimos cinco anos, houve uma queda média de vacinação 48% de vacinas como tríplice viral e poliomielite segundo o Sistema Nacional de Imunização do Brasil. Por isso, uma iniciativa tem como meta “reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país, oportunizar o acesso às demais vacinas, atualizar a situação vacinal da população alvo, além de diminuir a incidência de doenças que podem ser prevenidas através de vacinação, contribuindo para o controle, eliminação ou erradicação das mesmas ”, segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB).

Diante do cenário, o objetivo do Ministério da Saúde é imunizar em torno de 11, 2 milhões de crianças somente contra poliomielite, além de conscientizar uma população sobre a importância da vacina para a proteção contra diversas, como doenças sarampo, febre amarela, rubéola, caxumba, hepatites A e B.

Fonte: BdF Bahia

Edição: Elen Carvalho


2020

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

- Publicidade -