25 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, outubro 19, 2020
- Publicidade -

Brasil tem 30 mil crianças acolhidas e 5 mil aptas para adoção

- Publicidade -
- Publicidade -

O Brasil tem 30.967 crianças acolhidas em unidades como abrigos e 5.154 aptas para serem adotadas. Os dados são do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA) do Conselho Nacional de Justiça.

Amanhã (12) é comemorado o Dia da Criança, data em que são destacados temas relacionados a essa faixa etária. Meninos e meninas em acolhimento se encontram em condição delicada. Essa medida é aplicada pela Justiça quando há situações de abandono, maus-tratos, negligência  ou risco.

- Publicidade -

Contudo, esse apoio é temporário e tem o prazo máximo de 18 meses. A criança pode ter a solução da situação com reintegração familiar ou a adoção. Há 4.533 unidades de acolhimento no Brasil.

Números

Do total de meninos e meninas acolhidos, 7.997 têm até 6 anos. A maioria dos abrigados é de adolescentes: são 5.886 com 12 a 15 anos e 8.634 com mais de 15 anos. A distribuição por gênero é similar, com 50,7% de meninos e 49,3% de meninas.

- Publicidade -

Conforme o painel de informações do SNA, a lista dos estados com mais crianças aptas para adoção começa por São Paulo (1.075), seguida de  Minas Gerais (677), Rio Grande do Sul (648), Paraná (519) e Rio de Janeiro (493).  Ainda de acordo com o sistema do CNJ, há 3.702 crianças em processo de adoção e 36.155 pretendentes disponíveis.  

Processo de adoção

Em fevereiro, a Agência Brasil publicou uma matéria explicativa mostrando como são os procedimentos para adoção no Brasil. Há uma série de requisitos estabelecidos pela legislação para que pessoas e ou casais se candidatem ao processo.

O primeiro passo para quem quer adotar é procurar a Vara de Infância e Juventude (VIJ) da sua região. Lá, a pessoa obterá informações específicas sobre o processo e receberá uma lista de documentos pessoais a serem apresentados – como cópia do CPF, identidade, certidão de casamento ou união estável (se for o caso) – comprovante de residência, comprovante de bons antecedentes criminais e atestado de saúde física e mental.

Após protocolar a inscrição, a pessoa – ou casal – deve participar de um curso de preparação psicossocial e jurídica voltada para adoção. Nesse curso, os candidatos a adotantes adquirem uma noção mais ampla da importância da preparação emocional de toda a família e de todas as mudanças que virão com a chegada de um novo integrante.

*Com informações do repórter Marcelo Brandão.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Vasco da Gama: Ricardo Sá Pinto comanda primeiro treino em São Januário

Outra novidade no treinamento cruzmaltino em São Januário foi a presença do meio-campista Leonardo Gil.

Covid cai para níveis de maio no Brasil, mas OMS alerta mundo para “segunda onda”

As informações consolidadas da semana que se encerrou no último dia 17,...

Bolsonaro se mantém contra valor de R $ 600 para o auxílio: “É muito para o Brasil”

Em novas manifestações sobre a demanda para se estender o auxílio emergencial de...

HBO divulga trailer da segunda temporada de ‘His Dark Materials’ que estreia em novembro

A HBO apresenta o trailer da segunda temporada de HIS DARK MATERIALS, que estreia no dia 6 de novembro na HBO e na HBO GO e acompanha a...

TV Cultura leva ao ar o especial Poesia na Quarentena

Sem palcos e plateia, a produção artística teve que se reinventar na pandemia. O especial Poesia na Quarentena vem para relatar o...

Morre no Rio, aos 104 anos, o policial mais antigo da Polícia Militar

Morreu em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, neste domingo (18), aos 104 anos, o tenente-coronel João Freire Jucá Sobrinho, da Polícia Militar do antigo estado da Guanabara, quando o Rio ainda era capital da República. Ele era o policial mais antigo da instituição.

OSB dá continuidade à temporada virtual com mais um concerto da Série Clássica Brasileira, dia 22 de outubro

Programa tem obra inédita do brasileiro Antônio Ribeiro, além de peças de Jeremiah Clarke, Joseph Haydn, Heitor Villa-Lobos e Chiquinha Gonzaga

Quadras das escolas de samba do Rio de Janeiro podem voltar a funcionar esta semana.

Após conseguir a liberação das rodas de samba junto à Prefeitura, o vereador Felipe Michel, ex-secretário de Eventos, intercedeu pelas escolas de samba, que estarão liberadas para funcionar já esta semana. O decreto deve ser publicado no Diário Oficial desta terça-feira, 20.

Polícia Civil prende acusado de estupro na Universidade Federal Rural

As investigações iniciaram após o registro da ocorrência. A equipe da 48ª DP realizou diligências para identificar e encontrar o suspeito.
- Publicidade -