20 C
Rio de Janeiro
sábado, outubro 31, 2020
- Publicidade -

TSE nega pedido de Eduardo Paes para interromper ação por “caixa dois”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Advertisement -

O candidato à prefeitura do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM), que lidera as intenções de voto na cidade, teve negado o pedido para interromper a tramitação de uma ação penal em que é acusado. A decisão do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Felipe Salomão, mantém o julgamento do ex-prefeito do Rio, acusado de receber R $ 650 mil de “caixa dois” da Odebrecht durante a campanha.

O processo será julgado ainda nesta quinta-feira (8) pela 229 ª Zona Eleitoral do Rio. De acordo com o jornal Extra , três ex-executivos da empreiteira, Luiz Eduardo da Rocha Soares, Leandro Andrade Azevedo e João Borba Filho, afirmaram em delação que Paes chamada o dinheiro na campanha de 2008 em troca de contratos de futuros com o município.

Leia mais: Eduardo Paes é alvo de operação do Ministério Público e vira réu em investigação

Na última segunda-feira (5), o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) também negou o pedido para o que se chama de “trancamento” da ação, ou seja, a interrupção por motivos excepcionais. Após a decisão, a defesa de Paes recorreu ao TSE.

O argumento da defesa é de que a denúncia não poderia ter sido recebida porque se basearia apenas em depoimentos obtidos via delação premiada pelo Ministério Público .

Segundo o Extra, o ex-prefeito nega ter pedido “caixa dois: em suas campanhas eleitorais e que tenha agido Para beneficiário da empresa. Na semana passada, ele disse ao O Globo durante uma agenda de campanha que o julgamento era “assunto para advogado”.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Jaqueline Deister


- Publicidade -

Veja Também

Últimas Notícias

- Publicidade -

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Réveillon Rio 2021 será pago integralmente pela iniciativa privada

SRCOM foi a única empresa a apresentar proposta, com projeto que cumpre todos os requisitos exigidos pela Riotur, para a virada carioca

Alunos e professores de escolas públicas do Rio poderão ganhar ingressos para eventos

Projeto de lei prevê a doação por parte das empresas que recebem incentivos fiscais

Megaoperação no Complexo da Maré dura mais de 10 horas; mulher grávida é baleada

Moradores do Complexo de favelas da Maré amanheceram nesta terça-feira, 27, com uma megaoperação policial em suas portas. A operação começou por volta das 5h...

Rio de Janeiro inicia censo da população em situação de rua

Com o censo, a Prefeitura espera sensibilizar Justiça, Mninistério Público e Defensoria Pública para, juntos com o Município, desenvolver ações para reinserir essas pessoas no mercado de trabalho.

Shopping Jardim Guadalupe inaugura nova sede do Blindando Vidas

Projeto oferece aulas gratuitas de artes marciais para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade desde 2017
- Publicidade -