24 C
Rio de Janeiro
sábado, outubro 24, 2020
- Publicidade -

Operação Sabotagem identifica laranjas de facções criminosas

- Publicidade -
- Publicidade -

A Delegacia de Polícia Federal (PF) em Angra dos Reis, na Costa Verde fluminense, deflagrou hoje (1º) a Operação Sabotagem, que cumpriu mandados de busca e apreensão nos municípios de São Vicente e Santos, no litoral paulista, e em Angra.

Na ação, foram apreendidos documentos e celulares, com o objetivo de identificar pessoas usadas como laranjas por um líder de facção criminosa. O nome do alvo principal não foi divulgado pela Polícia Federal, que informou tratar-se de um narcotraficante que teve a prisão decretada em 2019, acusado de organizar o comércio de drogas entre o Brasil e a Europa, via Porto de Santos.

- Publicidade -

As investigações identificaram diversos imóveis de alto padrão, avaliados entre R$ 2,5 milhões e R$ 5 milhões em Angra dos Reis, no nome de pessoas que declaram renda mensal de um salário mínimo, algumas delas recebendo auxílio emergencial. Os bens foram bloqueados pela justiça.

Segundo a PF, o nome da operação se refere à influência de integrantes da organização criminosa na obstrução das investigações, com ausência de colaboração dos envolvidos por temor à facção.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Candidata da chapa 2 do Andes quer sindicato “menos isolado” para enfrentar desmonte

A eleição da nova diretoria do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino...

TVT | Cresce tensão na Síria após bombardeio turco e disputa entre grupos armados

A Síria enfrenta tensões após bombardeios do exército turco na...

Artigo | A fome em grandes plantações

As políticas de um governo podem ser medidas pelo seu comprometimento...

Luiz Lima promete levar mais segurança, iluminação e limpeza para a região da Pavuna

O candidato do PSL à Prefeitura do Rio, deputado federal Luiz Lima, quer a Pavuna com uma nova cara. Após fazer caminhada pelo bairro da Zona Norte, que faz divisa com o município de São João de Meriti, na Baixada, ele enumerou alguns dos principais problemas da região e apresentou propostas para melhorar a vida dos moradores. 
- Publicidade -