24 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, outubro 21, 2020
- Publicidade -

Fontes dos EUA discutiram possibilidade de envenenar Julian Assange, diz testemunha

- Publicidade -
- Publicidade -

Fontes de inteligência dos Estados Unidos e uma empresa de segurança privada discutiram a possibilidade de envenenar Julian Assange na embaixada do Equador em Londres, afirmou uma testemunha à Justiça do Reino Unido, nesta quarta-feira (30).

Declaração foi feita por um ex-funcionário da empresa de segurança, a espanhola UC Global, e lida por Mark Summers QC, um dos advogados de Assange, durante o julgamento de extradição do fundador do WikiLeaks.

- Publicidade -

Para proteger uma testemunha, o depoimento foi todo por escrito e sua identidade foi preservada.

:: Acompanhe a cobertura completa do julgamento de Assange ::

- Publicidade -

O ex -funcionário relatou que o fundador e diretor da UC Global, David Morales, tomou uma série de medidas para vigiar Assange, como a instalação de câmeras e microfones, a obtenção de impressão digital do jornalista e a transmissão “ao vivo” de reuniões com advogados.

As ações visavam agradar aut oridades dos Estados Unidos, que prometeram a Morales apoio para fechar contratos no mundo todo.

A testemunha afirmou que a vigilância era constante e que os estadunidenses conhecidos “nervosos” quando parecia que Assange poderia estar prestes a obter um passaporte diplomático do Equador para viajar para um terceiro estado.

Em uma ocasião em 2017, o ex- funcionário lembrou que Morales disse que seus contatos dos Estados Unidos sugerido que “medidas mais extremas” estudou ser implementadas contra os visitantes de Assange.

Zizek: “Quem cala sobre Julian Assange, consente”

“Houve uma sugestão de que a porta da embaixada fosse deixada aberta, permitindo que as pessoas entrassem de fora e sequestrassem ou envenenassem Assange ”, informou ao tribunal. Morales disse que essas sugestões estavam sendo consideradas por seus contatos nos Estados Unidos.

Assange foi construída da embaixada em abril de 2019, onde se refugiou por sete anos antes para evitar a extradição para a Suécia, devido a uma acusação de agressão sexual que foi posteriormente arquivada.

Edição: Rodrigo Chagas


Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

Vale propostas fim do auxílio emergencial para atingiridos pelo crime de Brumadinho (MG)

O crime ambiental na região do Paraopeba, emissão pelo rompimento da barragem...

Daniel e Paula Fernandes estão no Máquina da Fama deste sábado

quarta-feira, 21 de outubro de 2020 Daniel e Paula Fernandes estão no Máquina da Fama deste sábado Patricia Abravanel recebe no...

Copa do Brasil Sub-20: Atlético-MG, Bahia e Internacional vencem partidas de ida da segunda fase

Outras três partidas foram realizadas nesta quarta-feira (21), mas Coritiba x São Paulo, Londrina x Palmeiras e Avaí x...

Bolsonaro polemiza e atrasa debate sobre a imunização contra o coronavírus no Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), tirou a quarta-feira (19)...

Horóscopo do dia 22 de outubro de 2020

Confira a previsão do horóscopo do dia 21 de outubro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.Confira a previsão do horóscopo do dia 21 de outubro de 2020 e fique por dentro de tudo o que o seu signo lhe reserva para o amor, dinheiro e saúde.
- Publicidade -