25.6 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, outubro 26, 2020
- Publicidade -

Puxado por Brasil e EUA, continente americano chega a quase 500 mil mortes por covid

- Publicidade -
- Publicidade -

O continente americano está perto de chegar a 500 mil mortes pelo novo coronavírus, conforme balanço da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) desta terça-feira (1º). O número corresponde a aproximadamente 55% do total de mortes no mundo todo, que era de 854.076 até a última atualização da Universidade John Hopkins, referência no monitoramento mundial da doença.

Brasil e Estados Unidos inflam os dados da América – até o último levantamento, os dois países somados haviam registrado 307.046 mortes (35% do total de registros mundiais, ainda segundo a John Hopkins).

- Publicidade -

Já o levantamento nacional, do Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass), aponta que 122.596 brasileiros morreram de covid-19 até as 18h desta terça-feira (1º). Nas últimas 24 horas, foram 1.215 novos registros de óbitos. O total de contaminados foi a 3.950.931, com acréscimo de 42.659 nas últimas 24 horas.

Leve desaceleração

- Publicidade -

A taxa média de transmissão do coronavírus no Brasil (Rt) caiu de 1 para 0,94 na última semana, de acordo com estudo da universidade Imperial College, de Londres. É o índice mais baixo desde abril.

O dado indica que cada grupo de 100 pessoas infectadas tem potencial de contaminar outras 94 pessoas, que por sua vez transmitem a doença para 92 e assim por diante. Ou seja, o contágio está em desaceleração. Os números levam em conta estatísticas brasileiras compiladas até o último domingo.

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Edição: Rodrigo Durão Coelho


Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

Últimas Notícias

MetrôRio muda sinalização de vagão das mulheres com ilustrações de artistas renomados

Iniciativa de mudar a sinalização nos carros destinados ao público feminino joga luz à violência contra mulher e reforça a importância da lei

HBO encomenda a minissérie THE SON

A HBO anunciou que encomendou a minissérie THE SON, conforme declarou Francesca Orsi, vice-presidente executiva de Programação da HBO. A produção...

Com grande atuação contra o Inter, Pedro, do Flamengo, é o Cara da Rodada #18 do Brasileirão Assaí

Atacante comanda sistema ofensivo do Flamengo em jogaço no Beira Rio, marca golaço e é eleito pelos internautas. ...
- Publicidade -