28.4 C
Rio de Janeiro
sábado, setembro 19, 2020
- Publicidade -

Imprensa internacional repercute morte da vereadora Marielle Franco

- Publicidade -
- Publicidade -

A imprensa europeia voltou hoje (15) os olhos para o Brasil por causa da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) na noite desta quarta-feira (14).  “A onda de violência que sacode o Rio de Janeiro subiu mais um degrau”. É assim que começa a matéria do periódico espanhol El País, que noticia a comoção no Brasil pela morte da vereadora .

O jornal afirmou ainda que tanto os companheiros de Marielle quanto a polícia não duvidam de que o crime se trata de uma execução. “Inclusive em uma cidade tão acostumada com a violência, como o Rio, o crime provocou uma forte comoção, já que apresentou características inéditas até agora. Apesar de os mortos serem contados diariamente, são na maioria das vezes produto de enfrentamentos entre a polícia ou entre grupos de traficantes que disputam territórios, e que muitas vezes acabam com a vida de vizinhos como vítimas colaterais. O caso de Marielle foi diferente”.

El País citou ainda declarações como a da ex-presidente Dilma Roussef, que se disse impressionada, estremecida e indignada com a morte prematura de Marielle. Citou ainda a Anistia Internacional, que exigiu do governo investigação rigorosa.

>

Outro jornal espanhol, o El Mundo, também deu destaque ao crime. Marielle é citada como uma das vozes mais críticas contra a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, que ocorre desde meados de fevereiro. O El Mundo também fez referência ao twitter que Marielle publicou um dia antes de ser assassinada, e que soou como uma premonição. Na mensagem, ela pergunta “Quantos mais vão precisar morrer para que essa guerra acabe?”

- Publicidade -

O inglês The Guardian deu destaque aos protestos que estão sendo organizados em todo o Brasil. “Marielle Franco foi uma política inovadora, que se tornou uma voz para as pessoas desfavorecidas nas pequenas favelas, que são o lar de quase um quarto da população do Rio de Janeiro, onde a pobreza, a brutalidade policial e os tiroteios com traficantes de drogas são rotineiros”, afirmou o periódico.

The Guardian lembrou ainda que Marielle foi a quinta vereadora mais votada nas últimas eleições e afirmou que ela era uma especialista em violência policial. “Recentemente acusou oficiais [policiais] de serem excessivamente agressivos na busca de moradores de favelas controladas pelo tráfico. Membro de um partido esquerdista, Franco também era conhecida por seu trabalho social em favelas. Ela estava em seu primeiro mandato no cargo”.

O francês Le Figaro afirmou que “o assassinato de uma vereadora de esquerda suscitou grande comoção no Brasil”, onde estão sendo organizados protestos em várias cidades. O jornal ressaltou que Marielle “se opôs à decisão do presidente brasileiro Michel Temer de confiar a segurança do Rio ao Exército para tentar conter a escalada de violência que vem aumentando desde o final das Olimpíadas de 2016”.

O jornal português Público informou como o caso do assassinato de Marielle Franco chegou ao Parlamento Europeu, pela voz do eurodeputado português Francisco Assis, do Partido Socialista.

Em nota enviada ao Público, Assis disse que questionou a alta representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros, Federica Mogherini, sobre “como pretende a União Europeia influenciar as autoridades brasileiras para que este chocante assassínio seja investigado até às últimas consequências”, e “para que seja garantida a segurança das populações e dos ativistas que pugnam pelos direitos humanos das mesmas”.

Em Portugal estão sendo organizados, pelo Facebook, ao menos três eventos em homenagem à Marielle Franco, dois em Lisboa e um no Porto.

Boletim Carioca

Assine nossa Newsletter e receba as últimas notícias e ofertas de nossos parceiros em seu email

Veja Também

>

Últimas Notícias

Lamsa recorre ao STJ para manter operação da Linha Amarela

A Lamsa apresentou recurso hoje ao STJ. A concessionária diz confiar na Justiça para manter o seu contrato de concessão

Governo do Rio prorroga restrições até 6 de outubro devido à pandemia

O governador em exercício Cláudio Castro prorrogou até o dia 6 de outubro algumas medidas restritivas de prevenção e...

Lei reconhece atividade religiosa como essencial em períodos de crise

A atividade religiosa passa a ser considerada essencial em períodos de crises ocasionadas por doenças contagiosas ou...

Sebrae Rio e Sistema Fecomércio RJ programam ações gratuitas para estimular o aquecimento do comércio no Dia das Crianças

Atividades foram planejadas para fortalecer os pequenos negócios para os novos hábitos de consumo

Gastronomia e turismo em pauta no Delícias do Brasil

Edição virtual do projeto reúne grandes chefs de todas as regiões do Brasil para promover a cultura gastronômica do país.

Kygo lança remix de “Hot Stuff”, de Donna Summer

O grande astro internacional, produtor e DJ, Kyrre Gørvell-Dahll – também conhecido como Kygo lançou um novo remix da canção da Donna Summer, “Hot Stuff”

Lamsa recorre ao STJ para manter operação da Linha Amarela

A Lamsa apresentou recurso hoje ao STJ. A concessionária diz confiar na Justiça para manter o seu contrato de concessão

Governo do Rio prorroga restrições até 6 de outubro devido à pandemia

O governador em exercício Cláudio Castro prorrogou até o...

Prefeitura do Rio realiza pré-matrícula de cerca de 6.000 novos alunos

Um novo período de pré-matrícula foi aberto, excepcionalmente neste ano, para atender aos novos alunos e estudantes transferidos de outras redes que desejassem ingressar na rede pública municipal.

Antonia Morais lança segundo álbum “Luzia 20.20”

O segundo disco de Antonia Morais, “Luzia 20.20”, nasceu no meio da natureza, quase psicodélico em poesia intricada, amadureceu em território plenamente brasileiro e ganha vida própria e adulta

Muros externos do Porto do Rio de Janeiro ganham novas cores com pinturas de 18 artistas

Projeto de arte urbana, que contempla o trecho da Av. Rodrigues Alves entre os armazéns 10 e 18, tem viés social nas comunidades do entorno
- Publicidade -